E agora?

Praia que receberá Circuito Mundial de Surfe está imprópria para banho

Pepê não passa nos testes do Inea desde o fim de fevereiro

Por: Redação Veja Rio - Atualizado em

surfe3.jpg
Surfe: Rio será a capital do esporte de 11 a 22 de maio (Foto: Redação Veja rio)

A partir da próxima segunda (dia 11), os maiores surfistas do mundo disputarão a etapa brasileira do Circuito Mundial de Surfe na praia do Pepê, na Barra. Entretanto, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) não considerou o local próprio para banho em nenhuma das análises realizadas desde 26 de fevereiro. 

+ Dez praias paradisíacas no litoral fluminense

O trecho próximo ao quebra-mar que se estende ao longo da avenida do Pepê só não receberá os atletas caso esteja sem ondas. Se isso acontecer, o local que abrigará a competição é o Posto 6 da praia da Barra (próximo ao Riviera Country Club). Por lá, o Inea aprovou as condições de balneabilidade durante todo o mês de abril.

+ Poluição tira São Conrado do Circuito Mundial de Surfe

Antes do Posto 6, São Conrado substituiria a praia do Pepê em caso de poucas ondas. Entretanto, os altos níveis de poluição tiraram a praia da zona sul do Circuito. Dezessete mulheres e 34 homens vão participar da etapa brasileira do campeonato, que termina no próximo dia 22 de maio.

Fonte: VEJA RIO