DIVERSÃO

Embalados pela MPB

DJs investem no som verde e amarelo para agitar noites em casas noturnas como Studio RJ, no Arpoador, e Ameno Resedá, no Catete. Confira onde ir e quais são os dez hits brasileiros que embalam as pistas

Por: Ernesto Neves - Atualizado em

Emilio Domingos
(Foto: Redação Veja rio)

Berço do samba, do chorinho, do funk e vários outros ritmos populares em todo o Brasil, o Rio sempre contou com opções para quem curte MPB. Nas casas de espetáculo da cidade, há shows para todos os gostos, de rodas com samba de raiz até performances de punk rock. No entanto, já não é necessário ir a um show para ouvir o melhor da música nacional. Djs como Marcelinho da Lua e Marcelo Janot comandam festas em que o som verde e amarelo é o centro da programação. Aberta em março deste ano, a Ameno Resedá, no Catete, coloca, nas noites de sextas e sábados, um time de Djs para tocar após os shows. Além de Marcelinho da Lua, entram em cena Tati da Vila, Montano, Muralha, Cyro, Preto Serra, Paulo Futura e Zé Octavio. Entre as apostas de Da Lua para animar a pista está Alto do coqueirinho, de Marcela Bellas.

Especializado em música brasileira, o DJ e jornalista Marcelo Janot criou a primeira festa dedicada exclusivamente em MPB, a Brazooka, há 12 anos. Se naquela época causava espanto uma noite dominada por hits brasileiros, hoje há festas do tipo em quase todas as boates cariocas. No dia 29 de junho ele leva seu acervo para o Studio RJ, em Ipanema. Depois de uma apresentação da cantora Tulipa Ruiz será realizada a Panelinha do Janot, em que até entram hits estrangeiros, mas o forte, é claro, são as músicas produzidas por aqui. Segundo ele, a mais pedida nesta temporada é Selvage, do músico paulistano Curumim.

casarosa.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Seleções musicais dedicadas à MPB não são exclusividade das novas casas noturnas. Em Laranjeiras, a Casa Rosa tem festas como a Bailes da Alice, em que o DJ Sany Pitbull toca as novidades do funk carioca todas as sextas. No domingo, continuam lotadas as tardes de samba e feijoada, e as pistas se dividem ainda entre o funk e o forró. Outro estabelecimento que tornou-se referência de diversão embalada pela MPB é o Rio Scenarium, na Rua do Lavradio. Aberto em 2001, tem suas sextas e sábados comandados pelo DJ Marcello Sabre, que mixa sucessos de Vanessa da Matta, Monobloco e o Rappa, entre outras opções.

Para saber o que rola nas pistas agora, confira e ouça a seleção de dez hits feita pelos DJs Marcelo Janot e Marcelinho da Lua

Curumin - Selvage (Ouça aqui)

Criolo - Mariô (Ouça aqui)

Móveis Coloniais de Acaju - A Menina Dança (Ouça aqui)

Cris Braun - Oscilante (Ouça aqui)

Marcelo Jeneci - Café Com Leite de Rosas (Ouça aqui)

Maria Rita e Bossacucanova - Deixa a Menina

Otto - Saudade (Ouça aqui)

Marcela Bellas - Alto do coqueirinho (Confira o clipe aqui)

B.Negão e os Seletores de Frequência - Proceder/Caminhar (Veja performance da música)

João Brasil e Gaby Amarantos - Águas de Março (Ouça aqui)

Onde ir:

Ameno Resedá: Sexta (15) e sábado (16), a partir de 1h. R$ 25,00 (apenas para a festa). Rua Bento Lisboa, 4, Catete, ☎ 2556-2427.

Casa Rosa: Sexta e sábado, R$ 40,00. Rua Alice, 550, tel. 2557-2562

Rio Scenarium. Sexta e sábado, R$ 35,00. Rua do Lavradio, 20, tel. 3147-9005.

Studio RJ: Sexta (29), 22h, R$ 60,00. Avenida Vieira Souto, 110, Ipanema, ☎ 2523-1204.

Fonte: VEJA RIO