DE BRAÇOS ABERTOS

Manual do bom folião

O Carnaval está chegando. Confira dez dicas para aventurar-se nos blocos de rua espalhados pela cidade sem entrar numa roubada

Por: - Atualizado em

Alexandre Macieira | Riotur
(Foto: Redação Veja rio)

Cinco milhões de pessoas do mundo inteiro são esperadas no Rio de Janeiro no próximo Carnaval, marcado para o começo de março. Mas a programação dos blocos já começou. Este ano, 465 vão fazer a festa nas ruas da cidade. A maioria fica na Zona Sul, mas é no Centro, como sempre, que se espera o maior público, principalmente pela passagem das multidões que seguem o Cordão do Bola Preta e o Monobloco. Leia as dicas do movimento De Braços Abertos para aproveitar a maior festa a céu aberto do mundo com o melhor espírito carnavalesco.

bolinhas.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Nunca pule o Carnaval em jejum

Ao se alimentar, prefira coisas leves, com pouca gordura, e dê preferência aos carboidratos e alimentos integrais ? assim você tem energia para sambar o dia inteiro.

Beba muita água

Nada de ficar apenas na cerveja ? ao contrário do que muitos pensam, ela desidrata o corpo. Isotônicos e sucos também podem ser ingeridos, porém em menor quantidade do que a água.

Escolha uma fantasia

O Saara, no Centro do Rio, continua sendo o melhor lugar da cidade para esta missão. Com 50 reais é possível vestir-se da cabeça aos pés. Para os solteiros, é comum uma fantasia criativa facilitar a paquera.

Mantenha o espírito leve

Perder o humor por causa do trânsito, por exemplo, não vale a pena. Se um bloco estiver parando o trânsito e, como diria Mário Quintana, atravancando seu caminho, desça do ônibus e caia na folia.

Conheça os blocos

Informe-se sobre o estilo de cada um e encontre o mais parecido com você. De Raul Seixas a Beatles, existem blocos para todos os gostos. Este ano são 465, a maioria (177) na Zona Sul.

Vá de metrô

Sempre que possível utilize esse tipo de transporte. É mais rápido, seguro e você evita congestionamentos. Ir de carro costuma ser furada, especialmente na hora de achar uma vaga.

Não jogue lixo no chão

Lixeira é o que não falta na cidade. Em alguns lugares, como na orla de Copacabana, a distância entre os contêineres da Comlurb é de 25 a 50 metros. Cuide da cidade.

Não faça xixi na rua

A fiscalização é rigorosa e, se for flagrado, você passará o constrangimento de ser levado à delegacia como mijão. Os banheiros químicos estão longe de ser confortáveis, mas ainda são a melhor opção. Este ano, serão mais de 20 mil banheiros químicos ? 33% a mais do que em 2013.

Reponha as energias

No dia seguinte à esbórnia, cuide de sua saúde bebendo muita água e reduzindo sal e açúcar. Um bom prato de salada, que possui fibras, seguido de macarrão com filé de frango ou peixe é uma ótima pedida.

Cuidado com a carteira

No caso dos homens, evite guardá-la no bolso de trás. Às mulheres, recomenda-se colocar a bolsa na frente do corpo. Deixe objetos de valor em casa e evite dor de cabeça.

Com o Rio de Braços Abertos

Com o Rio De Braços Abertos é um movimento que inspira as pessoas a fazer a sua parte pelo bem do Rio de Janeiro, para turistas e, acima de tudo, para o próprio carioca. Criado por Veja Rio e com patrocínio da Petrobras e da Prefeitura do Rio, o projeto pretende incentivar cada um a fazer sua parte para tornar a cidade melhor para todos. Nós amamos o Rio. Por isso, temos a responsabilidade de cuidar dele! De Braços Abertos, sempre. Saiba mais em www.bracosabertos.com.br

Fonte: VEJA RIO