COTIDIANO

Dia Nacional do Livro Infantil

Neste dia 18 de abril, quinze celebridades, entre elas Giovanna Antonelli, Monique Alfradique, Zé Wilker e o dançarino Carlinhos de Jesus, revelam o título que mais marcou na infância. E na sua, qual foi o livro inesquecível?

Por: Daniela Pessoa - Atualizado em

Um país se faz com homens e livros, já diria Monteiro Lobato. O escritor, aclamado pelas aventuras do Sítio do Picapau Amarelo, criou histórias com figuras brasileiras como o saci e a Cuca, recuperou os costumes e lendas do folclore nacional e misturou tudo com elementos da literatura universal, da mitologia grega, dos quadrinhos e do cinema. Quem não se lembra das tantas histórias, como a de Dom Quixote, contadas por Dona Benta e pela Tia Anastácia para a criançada do sítio? Não à toa, a data de nascimento deste que é um dos maiores e mais brilhantes autores de literatura infantil do país foi escolhida para celebrar o Dia Nacional do Livro Infantil.

Saiba mais: famosos indicam livros que não podem faltar na sua cabeceira

Lobato mostrou para as crianças como é possível aprender e se divertir através da literatura. Personalidades como Thayla Ayala, Bruno Gagliasso, a escritora Thalita Rebouças, o estilista Fred D?Orey, da Totem, o Secretário Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, Emilio Kalil, e até mesmo a espevitada socialite Narcisa Tamborindeguy assinam embaixo. Conheça na galeria a seguir os livros que tiveram grande significado na infância de cada um deles e de outros famosos. Algum desses títulos marcou a sua também?

Saiba mais: o Rio em dez livros

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Fonte: VEJA RIO