EDIÇÃO DA SEMANA

Histórias Cariocas

Por: Lula Branco Martins - Atualizado em

Parece o Taiti, mas é a Barra

Sid Bond Fotografias
(Foto: Redação Veja rio)

Águas transparentes não são um privilégio do Caribe ou da Polinésia. No verão, o Rio também tem seus dias de Taiti. O close ao lado, por exemplo, pertence a um pedaço da Praia da Barra, e o autor da foto, Sid Bond, garante que não mexeu no tom natural do fascinante azul-esverdeado desse mar. A foto, feita recentemente de um ultraleve, entrará no livro que o sempre bem-humorado engenheiro de telecomunicações de 58 anos, nascido Sidney Bonda­rovsky, morador de Copacabana, pretende lançar neste ano. Fã das belezas da cidade, ele já teve seus trabalhos expostos na França. Há cinco anos, para uma publicação institucional da BR Distribuidora, deu-se ao luxo de clicar, 500 vezes, um mesmo fenômeno: o pôr do sol carioca, visto dos mais diferentes pontos.

Por dentro dos blocos

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Colegas desde os corredores do Fundão, Rafael Dahis, hoje engenheiro, e Isabelle Goldfarb, consultora financeira, sempre gostaram de Carnaval, mas têm pavor de se meter em roubadas. Badaleiros profissionais e figurinhas fáceis nos principais blocos da cidade, eles criaram um aplicativo, o Zurbb, que dará, a partir desta semana, dicas sobre o clima que está rolando na folia de rua, em tempo real, num primeiro momento a usuários de iPhone e Blackberry e brevemente também estará disponível na plataforma Android. Como na simulação acima, os participantes serão estimulados a dizer se o bloco está cheio de mulher bonita ou se a cerveja gelada acabou ? informações que, em épocas momescas, são de fundamental importância para o folião não perder seu tempo em furadas.

Mesa que dá o maior som

Jorge Depens
(Foto: Redação Veja rio)

Escreve-se Miroir, pronuncia-se ?mirroá? e é a nova boate da Lagoa, tocada pelo ex-modelo e ator Luciano Szafir. Aberta no dia 12 (no lugar onde antes ficava a Prelude), já serviu de palco para exibições na pista de muita gente boa, como Danton Mello, Juliana Alves e Marcelo No­vaes. Funciona de quinta a sábado, com house e hip-hop nas caixas. O chamariz é uma mesa de som digital, de 36 polegadas, que lembra uma TV de tela plana, mas translúcida (na foto, sendo comandada pelo DJ Rodrigo Loyola). Ex-namorado da apresentadora Xuxa e pai de Sasha Meneghel, Szafir já teve negócios no mesmo ramo em São Paulo. No Rio, é sua estreia como empresário da noite.

Memória da cidade

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Para um encontro de gerações que aconteceu no mês passado no Arpoador, Fred d?Orey, dono da Totem, mandou fazer 200 camisetas e as deu a seus companheiros de praia, todas elas estampando o trabalho de Fernando Fedoca, pioneiro fotógrafo de surfe. Remexendo no acervo do amigo, o empresário encontrou farto material sobre Ipanema, as dunas da Gal, o famoso píer e, entre as preciosidades, a foto de um motoqueiro de areia, em 1970, fazendo manobras entre Fuscas, pessoas com calças boca de sino e inscrições hippies nos muros. Registros assim têm feito sucesso no Facebook da loja. No mês de março vão virar exposição, em local ainda não definido.

O poder da boca

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Marcelo Fonseca, fundador da Socie­dade Brasileira de Odontologia Estética, pôs o ponto final em Por Trás de um Belo Sorriso e agora procura uma editora. Trata-se de um ?livro de arte de dentista? com capítulos como Mitos sobre a Beleza e Plástica sem Bisturi. O objetivo é mostrar que o tratamento dentário pode preceder a cirurgias no rosto, já que muitos problemas faciais decorrem de males da boca. Com Marcos Paulo e Thaís Araújo no catálogo de clientes do elegante consultório, no Leblon, Marcelo tem seu próprio top ten dos sorrisos mais bonitos da cidade: costuma citar figuras como Sheron Menezes, Patrícia Poe­ta e Murilo Rosa.

Fonte: VEJA RIO