EXPOSIÇÕES

No bloco do eu sozinho

Concretista que não aderiu ao movimento, Hércules Barsotti ganha mostra na Caixa Cultural

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

roteiro-exposicoes-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Em 1937, quando se formou em química industrial, o paulistano Hércules Barsotti (1914-2010) já havia iniciado sua formação artística fazia cinco anos. Teve como primeiro mestre o pintor ítalo-brasileiro Enrico Vio (1874-1960). Entre as duas carreiras, a arte falou mais alto e Barsotti acabou se tornando um dos maiores expoentes do concretismo brasileiro. Curiosamente, apesar das evidentes afinidades estéticas, ele não se alinhou a seus pares no movimento. Só viria a militar mesmo no Grupo Neoconcreto, no Rio, a convite do poeta Ferreira Gullar, na década de 60. Até sua morte, aos 96 anos, o artista produziu intensamente ? são atribuídas a ele mais de 3?000 obras, entre pinturas, desenhos e gravuras. A última técnica está em destaque na mostra Hércules Barsotti ? Além do Olhar, em cartaz na Caixa Cultural a partir de sexta (4).

Sob curadoria de Cláudia Lopes, com apoio do crítico de arte Enock Sacramento, foram reunidas trinta serigrafias, doze delas coloridas e dezoito em preto e branco. No acervo se destacam as formas geométricas e linhas angulosas características do movimento concretista. Nenhuma das obras tem data ou título. Sabe-se apenas que as impressões, feitas pelo editor de gravuras Pedro Paulo Mendes, amigo de Barsotti, foram produzidas nos cinco últimos anos da vida do artista. Os trabalhos podem ser considerados recentes, mas têm origem em fases mais antigas da trajetória de seu autor. Grande parte das criações escolhidas foi desenvolvida a partir de pinturas assinadas por ele ao longo da carreira ? as produzidas em preto e branco entre os anos 50 e 70 e as coloridas nas décadas de 80 e 90.

A exposição oferece ainda um atrativo desenvolvido especialmente para deficientes visuais: cada uma das peças será representada por um objeto correspondente que poderá ser tocado. Serão exibidas catorze esculturas tridimensionais e dezesseis impressões nas quais cada cor presente vai ganhar uma textura distinta.

Hércules Barsotti. Caixa Cultural ? Galeria 1. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 2544-4080, ? Carioca. → Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 17 de junho. A partir de sexta (4). www.caixacultural.com.br.

Fonte: VEJA RIO