EXPOSIÇÕES

Ócio criativo

Expoente da fotografia, Flávio Damm exibe na Caixa Cultural imagens feitas nas horas vagas

Por: Carolina Barbosa - Atualizado em

roteiro-exposicoes-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Gaúcho de Porto Alegre, Flávio Damm começou a se interessar por fotografia ainda menino, acompanhando no jornal notícias da II Guerra Mundial. Aos 19 anos, em 1947, já trabalhava na Revista do Globo quando se notabilizou ao retratar Getúlio Vargas em sua fazenda, na cidade de São Borja. Apeado da Presidência com o fim do Estado Novo, dois anos antes, o político andava recluso, longe das câmeras. Tal feito rendeu a seu autor o convite para integrar a equipe da revista O Cruzeiro, no Rio, onde permaneceu por mais de dez anos. Entre muitos outros trabalhos históricos, o fotógrafo passava o tempo... fotografando. Esse rico material das horas vagas está reunido na mostra Flávio Damm ? Passageiro do Preto & Branco ? Fotografias 1946-2012, na Caixa Cultural a partir de terça (27).

Montada sob curadoria do designer Felipe Taborda, a individual reúne 85 obras. São registros naturais, livres de qualquer tipo de corte, além da edição definida por Damm como ?olho pronto?. Sempre em preto e branco, ele fixou em negativos de 35 milímetros o que o francês Henri Cartier-Bresson (1908-2004), seu ídolo assumido, chamava de ?momento decisivo?, aquele que não se repetirá. Sob luz ambiente, em andanças pelo Brasil e 74 viagens ao exterior, foram feitas imagens como a de um casal apaixonado na entrada do metrô parisiense, em 1989, ou a da pesca do xaréu, na Bahia, flagrante de 1954 levado à exposição em uma ampliação de 7 metros de comprimento, a maior do acervo. Pessoas e cenas do cotidiano dominam a seleção, pinçada de um acervo de mais de 60?000 negativos. Do alto de mais de seis décadas de carreira, e ainda saindo para a rua de câmera a tiracolo todas as manhãs, o profissional resume seu método com um misto de modéstia e bom humor. ?Eu me aproximo silencioso como um gato e fujo rápido como um rato?, diz.

Flávio Damm. Caixa Cultural ? Galeria 2. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, ? Carioca. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 27 de janeiro. A partir de terça (27). www.caixacultural.com.br.

Fonte: VEJA RIO