Cidade

Centro de Operações passa por bateria de testes para as Olimpíadas

O Centro de Operações Rio (COR) terá simulados para promover a integração entre órgãos municipais, estaduais e federais

Por: Redação Veja Rio - Atualizado em

Centro de Operações Rio
Centro de Operações Rio (Foto: Divulgação)

O Centro de Operações Rio (COR) vai promover dez simulados indoor (ambiente fechado) até o primeiro semestre de 2016, para desenvolver a integração operacional entre os órgãos e agentes do Município, do Estado e do Governo Federal.

+ Aplicativo Waze traz modificações do trânsito em tempo real

A intenção é exercitar a troca de informações e a tomada de decisão conjunta durante o atendimento a uma ocorrência de grande porte. Este ano, já foram realizados dois dos seis exercícios previstos para este ano.

A última simulação foi feita este mês e reuniu no COR mais de 50 representantes de órgãos ligados à mobilidade, segurança, defesa e ordem pública, além do Corpo de Bombeiros, da Empresa Olímpica Municipal e do Comitê Organizador Rio 2016.

+ Para finalizar VLT e Túnel até a Olimpíada, Centro tem obras 24 horas

Separados em cinco salas, cada um teve que registrar em formulários as suas ações durante uma ocorrência teste: um acidente com um caminhão de combustível que fechou os dois sentidos da Avenida Brasil, em Barros Filho, durante a manhã do quarto dia de jogos olímpicos na cidade.

O resultado foi um documento com atividades e sugestões para aprimorar atuação do grupo na vida real. O exercício durou três horas até o "destombamento" e a "liberação" da via.

O próximo simulado está previsto para o final de agosto e deve ter como cenário a interrupção de um importante serviço público, no início da manhã em um dia de competição olímpica, na Zona Sul e na Barra da Tijuca.

 

Fonte: VEJA RIO