DIVERSÃO

CCBB tem programação especial para crianças

Programa Educativo do Centro Cultural do Banco do Brasil tem contação de histórias com lendas da Amazônia, oficinas musicais e sensoriais

- Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

O programa educativo do Centro Cultural Banco do Brasil está com programação especial até o dia 22 de julho. Durante os finais de semana, são realizadas oficinas para conhecer os sons e cheiros da floresta, além de contações de histórias sobre as lendas que circulam a região, como o Curupira, menino dos pés virados, temido na floresta. Quem for ao CCBB não pode deixar de conferir também a mostra em cartaz, Amazônia, Ciclos de Modernidade, que conta com criações de artesãos de Parintins, uma grande árvore com animais da floresta, além de pés de açaí e guaraná. São cerca de 300 peças, entre obras de arte e objetos variados. Confira abaixo a programação do museu:

Musicando

Sábados e domingos, às 13h: Para pequenos a partir de 5 anos. Utilizando o próprio corpo, os participantes são convidados a explorar as possibilidades sonoras com material sintético e orgânico. Serão ainda estimulados a reproduzirem os sons da floresta, como o canto dos pássaros.

Laboratório de Artes Cênicas

Sábados e domingos, às 14h. Este laboratório foca a presença dos elementos da natureza em nosso corpo através de danças e desenhos.

Pequenas Mãos

Sábados e domingos, às 15h: Para crianças de 3 a 6 anos, acompanhadas dos pais. Elas serão convidadas a entrar na exposição da Amazônia " remando" , todas dentro de uma grande canoa em suspensório , feitos de papel marché.

Em cantos e contos

Sábados e domingos, às 17h: Três histórias que abordam valores como paciência, amor próprio e alegria, contadas através dos bichos e da floresta.

Contações de Histórias

Sábados e domingos, às 18h: Cinco Afluentes da Amazônia - Voltada para adultos, trata-se de uma contação sobre alguns rios da Amazônia, entre eles o Rio Amazonas, Negro , Solimões, Tapajós e Xingu. Acompanhando essa abordagem estão algumas lendas do folclore brasileiro, como o boto rosa e muiraquitã.

Laboratório de Ações Criativas

Sábados e domingos, às 11h e às 15h

Somas dágua: Para crianças a partir de 6 anos, através de experimentações, utilizando alguns dos sentidos do corpo tem como proposta ativar a sensibilidade dos participantes através da percepção.

Meta Morfose: Propõe ao público uma experiência que se utiliza de expressão corporal e do desenho para dar forma aos elementos da natureza.

Fonte: VEJA RIO