EDIÇÃO DA SEMANA

Beira-mar

Por: Carla Knoplech - Atualizado em

O galã que não emplacou

Quando interpretou Matteo Battistella na novela Terra Nostra, em 1999, Thiago Lacerda era tido como a grande promessa de galã da TV Globo. Na ocasião, chegou até a ser cotado como o novo Tarcísio Meira da emissora. A aposta, no entanto, não se confirmou. Casado, pai de dois filhos, esperando o terceiro, e dono de um estilo mais reservado, foram poucos os papéis de Thiago que caíram no gosto popular desde sua estreia no horário nobre. É o que vem acontecendo com seu atual personagem, um imigrante italiano da trama das 6, Joia Rara, que, mesmo num triângulo amoroso, não tem chamado muita atenção do público. Não é coincidência, portanto, que ele esteja investindo em outras áreas, como teatro e cinema. "Assim que terminar esse trabalho, já tenho uma peça engatilhada e mais dois longas para fazer", diz o ator, sem se abalar.

Fernando Moraes
(Foto: Redação Veja rio)

Acabou em quibe

Não estranhe ao ver uma cara conhecida das propagandas eleitorais atrás do balcão de um novo restaurante de Copacabana. Às segundas, às sextas e aos sábados, dias em que não está em Brasília, a deputada federal Jandira Feghali, do PCdoB, tem se dedicado ao seu mais novo cargo, típico do capitalismo que seu partido combate: virou dona de um fast-food e delivery de comida árabe. Ter o próprio negócio era um sonho antigo dela e do irmão, o tecladista do Roupa Nova Ricardo Feghali, que juntos investiram 800?000 reais no empreendimento. "Fiz oito empréstimos bancários para conseguir pagar isso", ela conta. "Se tudo der certo, nossa ideia é abrir um restaurante bem maior."

Eny Miranda
(Foto: Redação Veja rio)

Um basta aos casamentos

Assim que comprou a Locanda Della Mimosa, hospedaria e restaurante de luxo na Serra Fluminense, Aguinaldo Silva percebeu que tinha pela frente um grande problema para resolver: o lugar havia ficado tão famoso pelos casamentos realizados ali que não havia mais fins de semana disponíveis para os turistas. A solução foi radical. O novelista limitou as reservas a duas cerimônias por mês e começará a construir, em janeiro, uma área com capacidade para 400 pessoas ao lado da casa principal, onde os enlaces poderão ser feitos sem atrapalhar o negócio original. Orçado em 1,3 milhão de reais, o projeto deve ficar pronto em abril. "Quero devolver a pousada aos hóspedes, mas sem acabar com as bodas", diz ele. "Adoro ver as festas, assisto a todas de trás de uma palmeira do jardim", confessa.

Marcos Pinto
(Foto: Redação Veja rio)
O sobe e desce das areias

Com a chegada oficial do verão, está aberta a temporada dos modismos nas praias cariocas. Por mais que a estação tenha acabado de começar, alguns deles já estão circulando na faixa entre o mar e o calçadão. Confira o que é bem-vindo e o que deve ficar dentro do armário durante os próximos três meses de temperaturas altas:

Pode usar:

? De gosto duvidoso, os biquínis com franjinhas na parte de cima vêm conquistando a cada dia novas adeptas, como a atriz Fani Pacheco. Enquanto

a moda não passa, só nos resta aturar a tendência.

? Chique e despojado, o maiô recortado, que tem entre as fãs a atriz Letícia Spiller, é uma releitura da peça de antigamente, que agora encara o programa pós-praia com a maior desenvoltura.

? Se durante algum tempo as estampas animais eram extravagantes demais para as cariocas, donas de um estilo mais descontraído, agora elas viraram as queridinhas de mulheres estilosas como a atriz Carolina Dieckmann.

Esqueça:

? Uma ou outra fashionista até que tentou usar o biquíni com babadinhos, mas a moda passou rapidinho. Ele fica melhor mesmo nas crianças.

? Os óculos espelhados deixavam o look das meninas do Rio exagerado. Voltam com tudo às areias os modelos de lente preta e marrom.

? Os hot pants, biquínis de cintura alta, podem até ser elegantes, mas ninguém quer ficar com uma marca branca até o meio da barriga. Muito menos a apresentadora Sabrina Sato.

Fernando Louza/Boa Forma
(Foto: Redação Veja rio)

Fonte: VEJA RIO