COTIDIANO

Após onda de furtos de bagagem, Infraero anuncia reforço na segurança do Galeão

Responsável pela segurança nos aeroportos, empresa vai instalar 3150 câmeras no aeroporto internacional

- Atualizado em

justica.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

O furto de malas no aerporto internacional do Galeão tem se tornado um risco para os passageiros que desembarcam na cidade. Os furtos tem acontecido, em sua maioria, no porões do aeroporto, por onde as malas seguem rumo às esteiras. Para conter os roubos, a Infraero, empresa que administra os aerportos brasileiros, anunciou a compra de 3.150 câmeras. O combate ao problema esbarra na subnotificação. Instruídos pela Agência Nacional de Aviação Civil, os passageiros reclamam as perdas apenas na companhia aérea, sem registrar queixa na delegacia. O resultado se reflete no baixo número de registros. Segundo a Delegacia do Aeroporto, há muitas áreas do Galeão com falhas graves de segurança, em que não há sequer a presença de câmeras.

Veja também: Grupo exige indenização bilionária pela desapropriação do terreno do Galeão

Fonte: VEJA RIO