MEMÓRIA DA CIDADE

Hospital oitentão

Simpósio sobre justiça e cidadania marcará festa de aniversário da Clínica São Vicente, que um dia já foi sanatório e casa de repouso

Por: Lula Branco Martins - Atualizado em

Foto Acervo Clínica São Vicente
(Foto: Redação Veja rio)

Como parte dos festejos pelos oitenta anos de um dos mais renomados estabelecimentos particulares de saúde da cidade, a Clínica São Vicente, na Gávea, está sendo preparado o Primeiro Simpósio de Medicina, Justiça e Cidadania, previsto para novembro. O evento servirá, também, para contar um pouco da história da própria instituição. Erguido em 1933 como sanatório, o lugar atendia doentes com distúrbios psiquiátricos e patologias ge­riá­tricas ? era, portanto, uma espécie de casa de repouso. Funcionava no mesmo bairro, mas em outro endereço: Rua Marquês de São Vicente (daí seu nome) com a Adolfo Lutz. No fim da década de 40, mudou-se para um prédio maior, onde está até hoje, no alto da Rua João Borges, ganhando em 1968 o status de hospital geral. Em tempos de programas como o Mais Médicos, que tenta, a muito custo, estimular profissionais para o preenchimento de vagas no interior do país, pode até soar constrangedor listar seus poderosos números, mas vamos lá: 98 leitos, cerca de 7?000 internações por ano, mais de 1?300 médicos cadastrados e, claro, um enorme catálogo de celebridades que ao menor piripaque dão logo um pulinho lá. Sasha, 15 anos, filha de Xuxa e Luciano Szafir, foi até mais chique: nasceu ali. Confira ao lado.

Foto Acervo Clínica São Vicente
(Foto: Redação Veja rio)
memoria-da-cidade-04.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Fonte: VEJA RIO