BARES

O grafite vai mudar

Após as reformas para a abertura do Sarau Rio, na Lapa, o colorido painel no paredão da casa será refeito

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

BEBIDAS ✪✪??? | AMBIENTE ✪✪✪?? | COZINHA ✪✪???

roteiro-bares-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

No início parecia um crime de lesa-grafite. Assinado pelo prestigiado coletivo Flesh Beck Crew, o colorido painel sobre um paredão de 300 metros quadrados, trabalho de quinze artistas feito em 2010, foi desfigurado pela abertura de três grandes portas. Houve grita nas redes sociais, seguida de um acordo de paz: os autores vão refazer a obra, financiados pelos donos do Sarau Rio (e da parede, diga-se), inaugurado há pouco mais de um mês no começo da Lapa.

Como costuma acontecer na insaciável boemia do bairro, uma considerável multidão já se espalha pelas mesas na agradável área externa, voltada para os Arcos e o Circo Voador, e pelo salão portas adentro. Cremoso e bem tirado, o chope Brahma (R$ 4,80) gelado, escolha unânime entre as bebidas, também é servido na versão escura (R$ 6,40). Sem surpresas, o cardápio conta com uma série trivial de belisquetes. Pedida acertada, o espesso caldinho de feijão (R$ 9,00) vem com salsinha e bacon,

na companhia de pão fatiado. A generosa porção de pastel de angu (R$ 24,00, doze unidades) ganha recheios de carne-seca ou queijo, mas, no dia da visita, além de demorar a chegar, estava um tanto oleosa.

Sarau Rio. Rua Mem de Sá, 64, Lapa, ☎ 2508-7154 (300 lugares). 18h/4h (sex. e sáb. até 5h; fecha seg.). Cc: D, M e V. Cd: todos. Aberto em 2012.

Fonte: VEJA RIO