BARES

Aposta na boemia

Bon Vivant dobra de tamanho, aumenta a carta de cervejas e reforça a lista de petiscos

Por: Rafael Sento Sé - Atualizado em

BEBIDAS ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | COZINHA ✪✪✪

Fernando Frazão
(Foto: Redação Veja rio)

Filial de uma delicatessen de Nova Friburgo - a data no letreiro, 1994, corresponde ao ano de inauguração na serra -, o Bon Vivant abriu as portas em pleno Baixo Botafogo e prosperou em meio ao apelo boêmio da área. No mês passado, depois de dobrar de tamanho com a compra da loja vizinha, a casa teve ampliadas as opções na carta de cervejas e na lista de tira-gostos. Não deixou, portanto, dúvidas sobre suas intenções.

No salão entraram sofás embutidos diante das mesas, mas as cadeiras do lado de fora continuam imbatíveis na preferência da clientela. O cardápio de geladas chegou a quase cinquenta rótulos. Na seção das importadas, a lager holandesa Grolsch (R$ 26,90, 450 mililitros) assemelha-se às pilsen nacionais. Pale ale trazida da Escócia, a Brew Dog Trashy Blonde (R$ 20,90, 310 mililitros) tem o sabor realçado pela ausência de conservantes. É opção menos forte do que belgas como a La Guillotine (R$ 27,90, 330 mililitros): do mesmo fabricante da Delirium, ostenta 9,3% de teor alcoólico. Parte da ala dos petiscos é dedicada a embutidos. Artesanal, a linguiça de cordeiro com hortelã (R$ 23,00) tem sabor marcante. Outras pedidas interessantes são o palmito pupunha com queijo derretido (R$ 27,00) e a porção de queijo emmental derretido com tomate seco (R$ 29,90), mistura acertada e levemente adocicada.

Bon Vivant (70 lugares). Rua Voluntários da Pátria, 46, loja B, Botafogo, ☎ 2537-2857, ? Botafogo. 17h30/0h (dom. até 23h; fecha seg.). Cc: D, M e V. Cd: todos. → www.bonvivantbistro.com.br. Aberto em 2009.

Fonte: VEJA RIO