BARES

Bolhas que refrescam

Um roteiro de endereços cariocas especializados em espumantes, ótima pedida para o verão

- Atualizado em

Leo Martins
(Foto: Redação Veja rio)

A cerveja que nos perdoe, mas leveza também é fundamental. Essa e outras qualidades contam a favor do espumante, atração principal em um número cada vez maior de endereços da boemia carioca e excelente pedida para embalar a conversa em dias de calor. A primeira a chegar, em 2005, foi a Ovelha Negra Champanharia (Rua Bambina, 120, Botafogo, ☎ 2226-1064). Negócio criado em Porto Alegre, deu certo por aqui, como comprovam as frequentes filas na porta. No salão, uma banheira antiga cheia de gelo guarda garrafas do nacional Santa Augusta (R$ 51,00) e de marca própria (R$ 54,00). Na enxuta seção de comes figura a tábua de salmão defumado, cream cheese e pepino em rodelas, acompanhada de pães preto e árabe (R$ 34,00).

Quatro estabelecimentos do gênero foram inaugurados em 2012. Um deles, a Champanhota (Rua Paulo Barreto, 64-A, Botafogo, ☎ 3563-9757), exibe quarenta rótulos na carta, a exemplo do nacional Miolo Cuvée Rosé (R$ 64,00) e do prosecco italiano Antiche Brut (R$ 50,00). Na happy hour, vale a promoção de dose dupla da taça (R$ 15,00; as marcas variam de acordo com o dia). Para beliscar, escolha entre as bruschettas de gorgonzola com mel (R$ 13,00 a unidade) e à moda caprese (R$ 12,00). Também no ano passado, em Ipanema, a restauratrice Cristiana Beltrão incorporou o Bubble Bar a seu restaurante Bazzar (Rua Barão da Torre, 538, ☎ 3202-2884). Por lá, as sugestões em taça vão do espanhol Gramona Imperial Gran Reserva Brut (R$ 36,30) a um requintado, e caro, exemplar da produtora francesa Les Chétillons (R$ 128,70).

Dois endereços na Barra completam a lista dos recém-chegados de 2012. Na Champa (Avenida Armando Lombardi, 633, loja 108, Shopping Market Street, Barra, ☎ 2493-1371), o clima de paquera é alimentado por taças do português Filipa Pato Brut Rosé (R$ 87,00). A lista de tira-gostos traz tartare de salmão com cream cheese (R$ 34,00, seis unidades). No mesmo bairro, a Blá Blá Champanheria (Avenida Érico Veríssimo, 843, Barra, ☎ 2495-0040) tem DJs cuidando do som na varanda. Maior revendedora da Chandon na cidade no ano passado, serve, além de garrafas da marca brasileira (R$ 85,00 o brut; R$ 90,00 o rosé), a francesa Veuve Clicquot Brut (R$ 290,00). O bar vai ganhar filial: seus sócios estão procurando ponto na Zona Sul. Completa o roteiro borbulhante da cidade a Charleston Bubble Lounge (Rua Rodolfo Dantas, 26-B, Copacabana, ☎ 3795-3158), fundada em 2011. No salão de decoração retrô encontra-se do champanhe francês Taittinger Brut (R$ 389,00 a garrafa) a seu conterrâneo mais acessível, o Louis Perdrier (R$ 78,00).

Fonte: VEJA RIO