Som dos pampas

Em novo trabalho, Continente, Yamandu Costa celebra a música de seu estado de origem, o Rio Grande do Sul

Prodígio do violão, Yamandu Costa despontou nas rodas de choro da Lapa e já tocou na Europa, como solista em concertos regidos pelo maestro alemão Kurt Masur. Na preparação de seu novo disco, o recém-lançado Continente, voltou às origens. Ao lado dos conterrâneos Guto Wirtti (baixolão) e Arthur Bonilla (violão de sete cordas), revisitou a tradição musical gaúcha para gravar as doze faixas do CD. Depois do estúdio, o trio volta a se reunir na terça (27), no Theatro Net Rio. No nome do álbum, Yamandu presta homenagem ao escritor Érico Veríssimo (1905-1975) ? O Continente é o primeiro volume da consagrada trilogia O Tempo e o Vento, saga ambientada no Rio Grande do Sul. Totalmente dedicado ao disco, o repertório traz, entre outras composições, Chamamer, Peleia de Guitarras e Fronteiriço. 12 anos.

Theatro Net Rio ? Sala Thereza Rachel (704 lugares). Rua Siqueira Campos, 143 (Shopping dos Antiquários), sobreloja, ☎ 2147-8060 e 2148-8060. Terça (27), 21h. R$ 80,00 (balcão) e R$ 110,00 (frisa). Bilheteria: 10h/22h (seg.); a partir das 10h (ter.). IR. www.theatronetrio.com.br.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s