Dez musas que levantaram a Sapucaí

Desfilar na avenida sem cair do salto e, ainda, enlouquecer a multidão de foliões é tarefa para poucas como Luma de Oliveira, Juliana Paes e Viviane Araújo. Relembre outras beldades que levaram o Sambódromo ao delírio

Corpo esculpido à perfeição, fantasias que são um espetáculo à parte e muito samba no pé não bastam para agitar as arquibancadas de foliões exigentes da Sapucaí. Para ser lembrada durante muitos carnavais, uma musa precisa ter carisma e empolgação. Além de uma boa dose de perseverança e criatividade, como demonstrou a modelo Luciana Sargentelli, símbolo da Estácio de Sá campeã de 1992. A filha de Oswaldo Sargentelli, produtor dos shows com mulatas que balançaram o Rio da década de 70, machucou os pés no começo do desfile, mas, mesmo sangrando, sambou até o fim sem perder o bom humor. Em 2007, Juliana Paes encantou a plateia na Viradouro. Em uma iniciativa inovadora, a atriz e torcedora fanática da escola subiu em cima de uma alegoria com os ritmistas, se exibindo lá do alto em diversos momentos do cortejo. Relembre outras rainhas (e histórias) que já deram o que falar no Sambódromo.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s