Na primeira onda

Pioneiro da nouvelle vague, o francês Jacques Rivette tem 25 filmes exibidos no CCBB

Estrela do movimento do cinema francês que inspirou realizadores em todo o mundo, François Truffaut escreveu certa vez: a nouvelle vague começou ?graças a Rivette?. Colega de Truffaut, Jean-Luc Godard, Claude Chabrol e Eric Rohmer na redação da revista Cahiers du Cinéma, Jacques Rivette tem influência marcante na carreira de seus pares como diretores, mas sua própria obra para as telas não se tornou tão conhecida. Em cartaz no CCBB a partir de terça (25), a mostra Jacques Rivette ? Já Não Somos Inocentes vai exibir 25 filmes, entre longas e curtas. Seu longa de estreia, Paris Nos Pertence, rodado entre 1958 e 1961, será apresentado na terça (25), às 19h, e na quinta (27), às 16h.

Centro Cultural Banco do Brasil ? Sala de Cinema 1 (98 lugares). Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. De terça (25) a 15 de julho. R$ 6,00 (cinepasse válido por toda a mostra).

Veja a programação completa

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s