VEJA Rio Recomenda

Mostras simultâneas no Instituto Moreira Salles exibem cliques inéditos de Manuel Bravo e Thomaz Farkas, nomes importantes da fotografia moderna

EXPOSIÇÃO

Manuel Álvarez Bravo e Thomaz Farkas. As mostras simultâneas no Instituto Moreira Salles (IMS) exibem trabalhos de dois importantes nomes da fotografia moderna. O mexicano Álvarez Bravo (1902-2002), principal do ramo em seu país no século XX, ganha sua primeira retrospectiva por aqui, com 250 imagens feitas ao longo de setenta anos de carreira. Ele começou a atuar nos anos 30 e foi influenciado por artistas consagrados, como seus conterrâneos Frida Kahlo e Diego Rivera e o surrealista francês André Breton. Com olhar poético, flagra episódios urbanos e cenas reveladoras da cultura popular de sua terra natal. Já o espaço dedicado a Thomaz Farkas (1924-2011), húngaro que se mudou para São Paulo ainda criança, reúne exemplares do acervo da instituição escolhidos pelo próprio artista. As peças contemplam desde sua fase geométrica até a etapa documental, com imagens da construção de Brasília. Nessa linha, Farkas fez expedições pelo Nordeste e pela Amazônia. Vale destacar uma série de cliques inéditos, alguns deles colhidos no Rio entre as décadas de 40 e 50.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s