Clandestino, mas não muito

Evento revive o speakeasy, bar ilegal dos tempos de lei seca nos Estados Unidos

Por telefone se garante a senha de acesso à casa, escondida em uma vila de Laranjeiras. Animado por jazz, o ambiente é decorado com fotos de gângsteres americanos de outrora. Mediante reserva, de segunda a sexta, entre 20h e 0h, a escola de coquetelaria Mixing transforma-se por uma noite em um speakeasy, bar clandestino que funcionou nos Estados Unidos nos anos 20, época de lei seca. Lelo Forti e Alex Miranda, sócios do lugar, encarregam-se do preparo de drinques da antiga, quando criminosos como Al Capone – cujo retrato sorridente enfeita a geladeira – vendiam de forma ilegal bourbon e gim. A R$ 120,00 por pessoa, são oferecidas seis receitas clássicas, a exemplo do mint julep, refrescante criação que leva uísque, hortelã, gengibre, limão e um toque de noz-moscada, ou do dry martini, com gim, vermute e uma azeitona. Rua Gago Coutinho, 6, loja 8, Laranjeiras, ☎ 2225-7555 e 99588-4270 (10 lugares). 20h/0h (mediante reserva; fecha sáb. e dom.). Cc: nenhum. Cd: M e V. Aberto em 2011.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s