• 33 (Crédito: Reprodução Youtube)

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

O tempo passa, novos temas surgem, mas o cinema ainda insiste em querer inovar em algo que O Exorcista já mostrou há 42 anos. Na pretensão de assustar as plateias, Exorcistas do Vaticano é uma cópia esquálida do filme de terror estrelado por Linda Blair. Agora, Olivia Taylor Dudley assume o posto de Angela, a jovem possuída pelo demônio. Tudo começa com um corte em seu dedo e, em seguida, um acidente de carro. Ao sair do coma, Angela muda de comportamento, para espanto do namorado (John Patrick Amedori) e do pai (Dougray Scott). Um padre observador (Michael Peña) sugere, lá pelas tantas, um exorcismo. O diretor Mark Neveldine estreou bem no cinema com o violento (e politicamente incorreto) Adrenalina (2006) e derrapou na curva em Motoqueiro Fantasma: Espírito de Vingança (2011). Na base do mais do mesmo, comanda seu novo trabalho como um burocrata. Estreou em 20/8/2015.

Ficha técnica

Direção: Mark Neveldine

Duração: 91 minutos

Recomendação: 14 anos

País/Ano:

Publicidade

Publicidade