• Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Into the Woods é uma peça de sucesso na Broadway desde a sua estreia, em 1987. De James Lapine e Stephen Sondheim, o espetáculo ganhou uma versão para o cinema, comandada por Rob Marshall (de Chicago) e estrelada por um excelente time de atores, a começar por Meryl Streep, indicada ao Oscar de melhor atriz coadjuvante — Caminhos da Floresta ainda concorre em desenho de produção e figurino. Saiba que, ao entrar na sessão, estará diante de um musical — sim, embora seja uma comédia, há bastante cantoria e da melhor qualidade. A trama faz uma deliciosa subversão dos contos infantis e provoca risos espontâneos para quem conhece um pouco de suas histórias. O foco principal está no casal de padeiros, interpretado por James Corden e Emily Blunt, que não pode ter filhos por causa do feitiço de uma bruxa (Meryl Streep). Ela, então, surge exigindo quatro itens para reverter a maldição: uma vaca branca, um capuz vermelho, cabelos da cor do milho e um sapato dourado. Não é preciso ir muito longe para saber onde isso vai dar. Na floresta, a dupla cruza com personagens como Chapeuzinho Vermelho (Lilla Crawford), João (do pé de feijão), Cinderela (Anna Kendrick), Rapunzel (Mackenzie Mauzy), o Lobo Mau (Johnny Depp)... Há ainda um príncipe mulherengo (Chris Pine) e, claro, a madrasta interesseira, interpretada por Christine Baranski. Em sua meia hora final, o longa-metragem perde parte do fôlego e estica o humor em situações repetitivas. Um bom corte o deixaria mais no prumo. Estreou em 29/1/2015.

Ficha técnica

Direção: Rob Marshall

Duração: 125 minutos

Recomendação: 12 anos

País/Ano:

Publicidade

Publicidade