Ben Harper, Charlie Musselwhite e Flávio Guimarães

+ Confira locais e horários

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Resenha por Pedro Moraes

Em São Paulo a programação é maior, mas a nata da turma reunida por lá faz uma escala carioca no domingo (21), no Vivo Rio. Nessa versão concentrada do Samsung Blues Festival, a abertura fica aos cuidados de Flávio Guimarães. O gaitista carioca sobe ao palco à frente de um quarteto formado por Otávio Rocha (guitarra, seu parceiro ao longo de trinta anos na banda Blues Etílicos), Gil Eduardo (bateria) e Pedro Leão (baixo). No programa, temas próprios, a exemplo de Mateus Vai ao Circo, dividem espaço com clássicos como It’s Too Late Brother, de Little Walter. Em seguida, a vez é de Charlie Musselwhite e banda. Também gaitista, o músico nascido no Mississippi, berço do blues, foi um dos grandes nomes do gênero surgidos nos anos 60. Seu repertório é surpresa: ele costuma defini-lo pouco antes de entrar em cena. Estrela da noite, Ben Harper encerra os trabalhos com projeto-solo acústico, no qual toca vários instrumentos, do violão ao ukulele. O público pode esperar por um reencontro entre Harper e Musselwhite. Os dois gravaram juntos o ótimo CD Get Up!, em 2013, e, no mesmo ano, protagonizaram um show empolgante no Rock in Rio. De volta, devem passear por canções como Burn One Down e Steal My Kisses.

Ficha técnica

Recomendação: 16 anos

Publicidade

Publicidade