• Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Resenha por Pedro Moraes

Com toques atuais na decoração e no figurino, o clássico de Maria Clara Machado, encenado pela primeira vez em 1958, encanta. Na trama, Ângela (Diana Herzog) sofre com a chacota das colegas porque é uma bruxinha incapaz de fazer maldades. São divertidos detalhes na encenação o cenário com bambolês iluminados, a trilha sonora interpretada ao vivo e o bom desempenho das bruxinhas coadjuvantes, Fedorosa (Manuela Llerena), Fedelha (Lilia Wodraschka), Fredegunda (Carol Repetto) e Caolha (Joana Castro), todas hilárias. Rec. a partir de 3 anos. 

Ficha técnica

Direção: Cacá Mourthé

Duração: 55 minutos

Publicidade

Publicidade