Clique e assine por apenas 3,90/mês
Publicidade

Tudo sobre claudia ohana

Claudia Ohana
Beira-Mar

Claudia Ohana, sobre cães devolvidos: ‘Confesso que não vi abandono’

Por Cleo Guimarães - Atualizado em 22 jul 2020, 14h46 - Publicado em 22 jul 2020, 10h39
Atriz diz ter buscado alternativas para o bem-estar dos animais e afirma que problemas de saúde a impediram de mantê-los em sua casa
Klebber Toledo e Camila Queiroz 6728
Programe-se

Os melhores momentos e os famosos que agitaram o Arraiá do Copa

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 9 jul 2018, 14h16 - Publicado em 9 jul 2018, 14h15
Festa junina no Copacabana Palace varou a madrugada de sábado (7) para domingo (8) com celebridades animadíssimas
Leia na coluna Beira-mar da semana
Ela admitiu sua preferência, hoje em dia, por homens mais novos e relembrou sua capa da Playboy, bem como a maior loucura no sexo
Claudia Ohana não sustenta solos e outros núcleos da novela tornam espetáculo enfadonho
Para celebrar o Dia das Bruxas, nesta segunda (31), o ilustrador Higgo Cabral colocou a mão na massa e decidiu transformar celebridades como Deborah Secco, Giovanna Ewbank e Cleo Pires em famosas vilãs do universo Disney. Cabral se inspirou desde em animações clássicas, como A Bela Adormecida (1959) e 101 Dálmatas (1961), até desenhos modernos […]
Com mais de trinta anos de carreira, a atriz Cláudia Ohana fará um monólogo pela primeira vez. Neste sábado (21), aos 52 anos, ela estreia A Voz Humana, adaptação de um clássico do francês Jean Cocteau, vaiado na sua estreia nos palcos, em 1930, e, depois, alçado ao sucesso pelo público. A história, encenada no […]
divulgacao-4.jpeg
Cidade

Cláudia Ohana fala sobre seu primeiro monólogo (e o amor)

Por Daniela Pessoa - Atualizado em 5 dez 2016, 11h40 - Publicado em 20 nov 2015, 00h00
Aos 52 anos, a atriz estreia A Voz Humana, clássico francês que foi vaiado em 1930, no Teatro Clara Nunes
A Voz Humana
Programe-se

A Voz Humana

Por Da Redação - Atualizado em 16 dez 2016, 13h57 - Publicado em 11 nov 2015, 16h40
Pela primeira vez sozinha em cena, Cláudia Ohana interpreta uma mulher desesperada pela perda de seu amante, que está prestes a se casar com outra. Escrito pelo francês Jean Cocteau (1889-1963), o monólogo dramático ganha direção de José Lavigne.
claudia-ohana.jpeg
Cidade, Programe-se

Claudia Ohana fala de cena de sexo com Mariana Ximenes

Por Daniela Pessoa - Atualizado em 5 dez 2016, 12h39 - Publicado em 17 out 2014, 21h00
Atrizes contracenam juntas no filme Zoom, com estreia prevista para 2015. Claudia Ohana também comenta sobre o desafio de cantar na nova peça de teatro Amor Perverso
O papa João Paulo II era apenas Karol Wotjtyla, bispo da Cracóvia, na Polônia, quando, em 1960, escreveu uma peça que batizou como A Loja do Ourives. Contrariando as expectativas mais óbvias, a trama nada tinha de religiosa. Tratava-se, na verdade, de um olhar do futuro papa, então com 40 anos, sobre os desafios do […]
Publicidade