Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Pérola resgatada: teatro do Copacabana Palace será reaberto em novembro

Para dezembro, está prevista a estreia de um musical que reconta os tempos de ouro vividos pelo icônico hotel da orla carioca

Por Marcela Capobianco Atualizado em 9 set 2021, 12h28 - Publicado em 9 set 2021, 12h26

Uma boa notícia em tempos tão duros para a cultura: o teatro do hotel Belmond Copacabana Palace, fechado desde 1994, vai ser reaberto em novembro.

Um dos palcos icônicos do país cerrou as cortinas logo após a temporada da peça Desejo, com Vera Fischer no elenco. Pela ribalta também passaram grandes nomes da atuação, entre os quais Fernanda Montenegro, Marieta Severo, Paulo Autran e Renata Sorrah.

espaço do Teatro Copacabana Palace com mesas e cadeiras
Requinte: projeto arquitetônico da reforma resgata a época dourada vivida pelo Rio de Janeiro Mauro Samagaio/Divulgação

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Mesmo com a pandemia, o espaço já tem previsão de receber espetáculos. A estreia de Copacabana Palace – O Musical está prevista para dezembro.

O texto, escrito a seis mãos por Ana Velloso, Vera Novello e Luis Erlanger, conta momentos emblemáticos da história de um dos mais importantes hotéis do Brasil, fazendo com que a plateia se transporte para a atmosfera de outros tempos vividos pelo Copa e conheça alguns dos personagens que já passaram por lá.

+ ArtRio: Marcos Chaves e Antonio Bokel doam obras para leilão beneficente

Continua após a publicidade

O espetáculo foi idealizado por Gustavo Wabner e será dirigido por Sérgio Modena. No elenco, nomes como Suely Franco, Vanessa Gerbelli e Claudio Lins.

Foto lateral mostra a plateia do Teatro Copacabana Palace
Teatro Copacabana Palace: acessibilidade para cadeirantes, e pessoas obesas Mauro Samagaio/Divulgação

“Após um trabalho excepcional de toda a equipe envolvida na reforma do Teatro Copacabana Palace, estamos muito felizes em anunciar a reabertura deste que é um verdadeiro patrimônio cultural da cidade. Será um presente para as próximas gerações e esperamos ansiosos para compartilhar momentos inesquecíveis com o público”, comemora Ulisses Marreiros, gerente-geral do hotel.

+ O que Ana Beatriz Nogueira aprendeu com o teatro pela internet?

O Teatro Copacabana Palace foi inaugurado em 1949, com a peça A Mulher do Próximo, de Abílio Pereira de Almeida. Em 1953, um incêndio de grandes proporções o atingiu o espaço, reinaugurado no ano seguinte com temporada de Diálogos das Carmelitas.

Foyer do Teatro Copacabana Palace, com lustres e sofá de veludo verde
Foyer: sofá em veludo mostra luxo sem afetação do ambiente Mauro Samagaio/Divulgação

As obras do novo projeto de revitalização, capitaneado pelo arquiteto Ivan Rezende, começaram em 2018. A plateia vai abrigar 238 pessoas e o balcão terá espaço para 70 espectadores. Haverá também quatro frisas e seis camarotes.

O projeto também conta com poltronas para pessoas obesas e com mobilidade reduzida, além de espaços destinados a cadeirantes. A acessibilidade se estende ao palco através de elevador e aos camarins.

“A sensação é de que o teatro, além de rejuvenescido em suas áreas históricas, tombadas pelo patrimônio histórico, ganhou em grandeza com as novas perspectivas arquitetônicas” , complementa o Ivan.

Continua após a publicidade
Publicidade