Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Segundo pesquisa, guarda-sol não protege contra raios solares

Estudiosos afirmam que o bloqueio da luz visível causa a falsa sensação de proteção contra o sol

Por Fernanda Thedim Atualizado em 1 dez 2017, 16h42 - Publicado em 1 dez 2017, 15h34

Item de primeira necessidade no escaldante verão carioca, as barracas de praia foram alvo de um estudo conduzido pelos pesquisadores americanos da Johnson & Johnson. Publicado no jornal Photochemical & Photobiological Sciences, o resultado do experimento mostrou que o guarda-sol não é suficiente para proteger contra os raios solares, oferecendo um fator de proteção (FPS) que varia entre 3 e 7. “A sombra bloqueia a luz visível e o infravermelho, gerando um efeito de frescor que pode dar a falsa impressão de que os raios UVA e UVB também são bloqueados”, explicou o responsável pela pesquisa, Hao Ou-Yang. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de pele representa um em cada três casos de tumor diagnosticados no Brasil e tem como principal causa a exposição solar.

  • Publicidade