Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Madureira, 409 anos: data tem viradão cultural e exposição inédita

Com rodas de samba, jongo e baile charme, uma réplica do crânio de Luzia será exposta com um dinossauro que viveu no país há 70 milhões de anos

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 18 Maio 2022, 17h31 - Publicado em 18 Maio 2022, 17h23

Os 409 anos de Madureira, completos na terça (4), serão comemorados com atrações à altura da importância, para o Rio e sua cultura, do bairro da Zona Oeste vivido e cantado pelos sambistas, região do Mercadão e do histórico baile charme. A festa no estilo viradão começa às 14 horas de sábado (28) e termina no domingo (29), às 6 horas da manhã.

+ Tigre-de-bengala capturado na Índia entra para o acervo do Museu Nacional

Ancorado em palcos como a Arena Carioca Fernando Torres (Parque Madureira), o Espaço Praça da Mãe (Viaduto Negrão de Lima) e o Espaço Viaduto – onde o baile charme só terminará com o nascer do dia -, o evento destaca duas atrações: uma réplica do crânio de Luzia, remanescente humano mais antigo das Américas, de mais e 11 mil anos, com os fragmentos originais recuperados do incêndio do Museu Nacional, e o fóssil do dinossauro Berthasaura leopoldinae, que viveu no país há 70 milhões de anos.

A exposição inédita Luzia e Berthasaura em Madureira, com as duas peças expostas e ingressos gratuitos, ficará em cartaz até o dia 7 de setembro, à frente da Arena Fernando Torres, através de parcerias entre a Secretaria de Cultura, o Museu Nacional e o Instituto Vale Cultura.

Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

A música vai dominar a tarde, a noite e a madrugada em apresentações como as das escolas Filhos da Águia (Portela Mirim) e Império do Futuro (Império Serrano Mirim), das 14h às 14h30. A roda de samba com o Projeto Criolice rola das 17h às 19h30, com apresentação do DJ Byeta nos intervalos.

O Palco Arena receberá um encontro da Rede Madureira, com exibição do vídeo sobre os grupos locais e debates, das 15h30 às 17h. Depois é a vez do Grupo Afro Agbara Dudu, das 19h30 às 20h, e a roda de samba com Fofão da Serrinha.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

No espaço Praça da Mãe, a partir das 22h, os jongos de Madureira, Serrinha e Vale do Café se apresentam antes do Bloco Afro Lemi Ayó. De madrugada, o Baile Charme do Viaduto encerra a festa com chave de ouro, com direito a DJs e dançarinos de passinho.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 12,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)