Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Ludmilla e Gloria Groove cantam juntas em projeto audiovisual

Segundo a cantora fluminense, encontro marca a representatividade de duas artistas LGBTQIA+ que definem a pluralidade e lutam contra o preconceito

Por Marcela Capobianco Atualizado em 13 jul 2021, 12h43 - Publicado em 13 jul 2021, 12h42

Impossibilitada de reencontrar os fãs de forma presencial durante a quarentena, a cantora Ludmilla enfrentou um dilema. Não queria lançar músicas sem a possibilidade de cantá-las em shows, mas também não queria deixar o público sem novidades. Foi, então, que ela teve a ideia de voltar às origens, cantando covers, ou seja, músicas de outros artistas.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Para isso, Lud convocou cantores que admira para pequenas ‘jam sessions’ gravadas em áudio e vídeo. A primeira delas foi com o rapper Xamã. Na segunda sessão, a cantora fluminense convidou Gloria Groove.

+ Irreverentes, influenciadores de favelas entram na mira de grandes marcas

O resultado desse encontro estará disponível a partir das 21h desta quarta (14), no YouTube e nas plataformas de streaming de áudio. Elas cantam, juntas, cinco músicas. Entre elas, Modo Avião e 700 por Hora, de Ludmilla, e Radar, de Gloria Groove, além de covers.

Continua após a publicidade

+ Rio teve em média 15 tiroteios por dia no primeiro semestre de 2021

“Eu era fã do trabalho da Gloria, mas não a conhecia pessoalmente. Nosso encontro foi incrível. Ensaiamos rapidinho e as gravações fluíram muito bem. Ela canta demais, é muito talentosa. Os fãs vão amar”, conta Ludmilla.

Para marcar o lançamento, um caminhão repleto de lâmpadas de led vai circular por pontos estratégicos da cidade com mensagens que reforçam a luta pelos direitos LGBTQIA +.

+ Com obra de Denilson Baniwa, mostra no Oi Futuro propõe novos olhares para o Rio

“A nossa representatividade e a luta contra o preconceito vai muito além de junho”, reforça Lud.

Continua após a publicidade
Publicidade