Continua após publicidade

Jardim Botânico do Rio realiza série de atividades sobre a Amazônia

Programação focada nos biomas brasileiros começa no domingo (5), com a reabertura da casa do pescador, distribuição de livros e pratos típicos

Por Luiza Maia
Atualizado em 3 set 2021, 20h15 - Publicado em 1 set 2021, 16h01

A Amazônia, região com a maior biodiversidade do mundo, será o primeiro tema de uma série de ações que o Jardim Botânico do Rio vai promover a partir do próximo fim de semana.

A programação começa neste domingo (5), Dia da Amazônia, e vai até o dia 11 de setembro, com o lançamento de livros, jogos e oficinas educativas.

+ Dia (s) de feira: Carioquíssima volta em setembro com edição na Urca

Durante a semana, os restaurantes da instituição vão servir pratos típicos da culinária local. O cardápio principal contará com filé de pirarucu, peixe tradicional da região, e uma versão de cassoulet com tucupi, pirarucu e jambu fresco.

Nos próximos meses, o Jardim Botânico também vai realizar atividades sobre os outros cinco principais biomas brasileiros – Caatinga, Mata Atlântica, Amazônia, Cerrado, Pantanal e Pampa -, além do Sistema Costeiro-marinho.

O objetivo do programa é conscientizar sobre a preservação desses espaços.

Continua após a publicidade

+Bica, o novo point de brunch do Jardim Botânico

Neste domingo (5), será reaberta para visitação da cabana do pescador, uma reprodução das moradias tradicionais da Região Amazônica. Os visitantes poderão ver, no interior, os utensílios típicos dos povos ribeirinhos.

Durante o evento, também serão distribuídos exemplares gratuitos do livro Mbaé Kaá – O Que Tem na Mata – A Botânica Nomenclatura Indígena, do naturalista João Barbosa Rodrigues. A obra é ilustrada por jovens guarani da aldeia Pyau, no Jaraguá, em São Paulo.

+A praça é nossa: Cláudio Coutinho, no Leblon, ganha food park

Entre terça (7) e quinta (9), das 10h às 16h30, o destaque é um acampamento botânico no Lago das Tartarugas, com equipamentos que os pesquisadores levam nas expedições. O público poderá conhecer as atividades dos biólogos em campo, como a coleta de plantas e a preparação dos materiais de estudo.

Continua após a publicidade

Já na sexta (10), será a vez do pré-lançamento virtual do livro A Maloca Entre Artefatos e Plantas: Guia da Coleção Rio Negro de Richard Spruce em Londres. A obra retrata coleções de objetos do Alto do Rio Negro, reunidos há 170 anos pelo botânico e viajante inglês.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Um jogo inspirado na publicação também será pré-lançado no sábado (11), no laboratório didático do Museu do Meio Ambiente. Em seguida, monitores comandam uma visita guiada pelo setor do JBRJ que contém plantas típicas da Região Amazônica.

Os interessados devem se inscrever previamente pelo e-mail cvis@jbrj.gov.br ou telelefone (21) 3874-1808.

Rua Jardim Botânico, 920 (aos sábados, domingos e feriados) e 1008. Ter. a dom., 8h/17h. R$ 15,00 (para os cariocas), R$ 24,00 (para visitantes brasileiros), R$ 45,00 (visitantes estrangeiros do Mercosul), R$ 60,00 (visitantes estrangeiros).

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.