Clique e assine por apenas 4,90/mês

Dez livros para estimular hábito da leitura em adolescentes

A convite de VEJA RIO, dois professores de português elaboraram uma lista para que os jovens abandonem um pouquinho o celular na quarentena

Por Marcela Capobianco - Atualizado em 1 jun 2020, 14h57 - Publicado em 29 Maio 2020, 12h21

Em tempos de isolamento social, a leitura é um convite para unir os dois polos mais relevantes para a formação cognitiva do jovem: o lazer e o conhecimento. Com a hegemonia do celular e dos videogames, muitos jovens acabam negligenciando a leitura.

+ AquaRio promove lives sobre a vida marinha

“Há uma concepção equivocada de atividades mais atrativas, como seriados, filmes, redes sociais e jogos. Porém, ao descobrir a magia da leitura, abrimos a mente de nossos alunos para um mundo mais empático, mais solidário e com maior amplitude de informação”, explica o professor de língua portuguesa do Colégio Pensi Diego Dias.

Por isso, a convite de VEJA RIO, Dias e o colega Oswaldo Martins, que leciona português no Centro Educacional Anísio Teixeira (Ceat) elaboraram uma lista de livros que podem abrir novos mundo para adolescentes e fazê-los se encantar por este hábito tão benéfico. Confira:

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

A Hora da Estrela – Clarice Lispector | clique aqui para comprar

A Hora da Estrela: um excelente primeiro passo para a obra de Clarice Lispector Editora Rocco/Divulgação

A narrativa conta a história de Macabéa: nordestina, pobre, fora do padrão de beleza, sem perspectiva, carente de afeto e de valores materiais – o retrato da invisibilidade social brasileira. A história nos convida a uma reflexão por meio da abordagem de problemas sociais que são perpetuados no nosso país, como a desigualdade e a falta de empatia. Editora Rocco.

1984 – George Orwell | clique aqui para comprar

Winston vive aprisionado em uma sociedade dominada pelo Estado. Essa relação de poder estatal é verificada no controle da sociedade e na própria vida do personagem, que trabalha com a falsificação de registros históricos e a divulgação de “fake news”. É um livro atual e fundamental para o debate sobre democracia. Editora Companhia das Letras.

Maus – A História de um Sobrevivente – Art Spiegelman | clique aqui para comprar

Continua após a publicidade
Maus, a história de um sobrevivente: história dos judeus que sobreviveram ao Holocausto em quadrinhos Editora Companhia das Letras/Divulgação

Criativa História em Quadrinhos que retrata um sobrevivente do extermínio nazista por meio da alegoria de gatos (nazistas) e ratos (judeus). O livro aborda uma reflexão sobre o Holocausto e é um gatilho para outras leituras, como O Diário de Anne Frank e O Menino do Pijama Listrado, além de fazer um diálogo com outras formas de preconceito e discursos de ódio na atualidade.

Dom Quixote de La Mancha – Miguel de Cervantes | clique aqui para comprar

Leitura. Loucura. Sonho. Magia. Ilusão. O imaginário Quixotesco é repleto de fantasia e é um convite – em meio a moinhos de ventos, rebanhos e elmo de glórias – para a imaginação. Com ideais de justiça, luta, liberdade e dignidade, Dom Quixote mergulha em um universo de autoconhecimento para fazermos uma busca reflexiva pela perseverança em nossos sonhos. Editora do Brasil

+ Dez séries de streaming para assistir em família

O Livro dos Ressignificados – João Doederlein (@akapoeta) | clique aqui para comprar

Continua após a publicidade
O Livro dos Ressignificados: do Instagram para as páginas impressas Editora Paralela/Divulgação

Queridinho entre os adolescentes, o livro faz uma viagem ao jardim, ao zodíaco, à mente, à cidade, e às histórias afetivas do coração. Uma metalinguagem socioemocional capaz de conduzir o leitor a um processo de transfiguração por meio de reflexões sobre palavras presentes no cotidiano. Editora Paralela.

Machamba – Gisele Mirabai | clique aqui para comprar

Machamba: livro foi indicado ao Prêmio Jabuti Editora Nova Fronteira/Divulgação

A obra contemporânea constrói, através da interdição familiar, uma ponte na qual a personagem ganha o mundo. O livro nos permite prestar atenção em como a narrativa constrói as relações de tempo e espaço. Editora Nova Fronteira.

Pó de Parede – Carol Bensimon | clique aqui para comprar

Três novelas curtas ambientadas na Porto Alegre contemporânea, nas quais o ponto focal é a formação dos anos 60 e 70 e o conflito que se dá na idade adulta com os pais. O livro traz questões que descrevem como uma geração se criou e amadureceu. Não Editora.

Continua após a publicidade

+ Dez livros para despertar a paixão pela leitura em crianças

Sonhos em Tempos de Guerra – Ngūgī Da Thiong’o | clique aqui para comprar

Sonhos em Tempos de Guerra: escritor queniano Ngugi wa Thiong’o é considerado ‘candidato eterno’ ao Prêmio Nobel Biblioteca Azul/Divulgação

Divertido e, ao mesmo tempo, tenso e didático relato da formação da consciência étnica e política da construção da africanidade frente ao mundo colonialista. Editora Biblioteca Azul.

A Ocupação – Julián Fuks | clique aqui para comprar

Romance da percepção de classes. Através de três eixos, o livro cria, através do narrador, uma reflexão sobre a vida familiar, a relação paterna e com os sem-teto que ocupam um hotel em São Paulo. Editora Companhia das Letras.

Continua após a publicidade

Páginas sem Glória – Sérgio Sant’Anna | clique aqui para comprar

Treze contos de um dos maiores especialistas no gênero no século 20. São histórias instigantes que fazem o leitor refletir sobre os dilemas humanos e sobre seu estar cotidiano em que o sonho de glória se esfacela. Editora Companhia das Letras.

Publicidade