Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Debates marcam o lançamento de catálogo da mostra de Guilherme Vaz

O evento no CCBB, na quarta (24) contará com a presença dos curadores Franz Manata, Marisa Flórido César e Luiz Guilherme Vergara

Por Redação Veja Rio Atualizado em 5 dez 2016, 11h29 - Publicado em 22 fev 2016, 18h56

O lançamento do catálogo da exposição Guilherme Vaz – Uma Fração do Infinito, no Centro Cultura Banco do Brasil será comemorado, na quarta (24), com o debate baseado na obra do artista e na da arte conceitual e sonora no Brasil. A mesa será composta pelos curadores Franz Manata – o responsável pela mostra –, Marisa Flórido César e Luiz Guilherme Vergara, diretor do Museu de Arte Contemporânea, o Mac, de Niterói.

+ Confira as principais exposições em cartaz na cidade

A edição bilíngue do livro (português-inglês) tem 320 páginas (R$ 120,00), e busca oferecer ao leitor uma visão global da obra de Guilherme Vaz . A exposição oferece ao público a oportunidade de conhecer trabalhos produzidos ao longo de 50 anos. São 41 obras criadas em diversos suportes, como a instalação, objetos sonoros, instruções, desenhos e partituras. A entrada é gratuita.

Haverá ainda dois outros debates: 

Guilherme Vaz e o cinema

Sinopse: Comenta aspectos de sua obra musical, destacando seu papel na introdução da música concreta nas trilhas sonoras do cinema brasileiro.

Continua após a publicidade

Palestrantes: Franz Manata, Júlio Bressane, Suzana Reck Miranda

Data: 09/03/2016, às 19h

Guilherme Vaz e a música

Sinopse: Comenta sua produção como maestro, sua relação com os aspectos estéticos da música erudita e sua relação com a formação da identidade cultural brasileira.

Palestrantes: Franz Manata, J.-P. Caron

Data: 23/03/2016, às 19h

Continua após a publicidade
Publicidade