Clique e assine por apenas 7,90/mês

Casarão em Laranjeiras guarda pintura de 23 metros quadrados

O imóvel com a obra de Alberto da Veiga Guignard (1896-1962) atualmente pertence à ONU-Habitat, mas pode ser devolvida para a realização de obras

Por Rafael Sento Sé - 13 jul 2018, 08h00

Por ter se notabilizado pelas oníricas paisagens de Minas Gerais, há quem pense que Alberto da Veiga Guignard (1896-1962) nasceu naquele estado. O pintor é fluminense de Nova Friburgo e, antes de se dedicar a tipos e paisagens mineiros, criou no Rio o mais grandioso painel de sua carreira. Na antiga residência do senador Antônio de Barros Carvalho, em Laranjeiras, o teto da sala de jantar é enfeitado com um afresco de 23 metros quadrados que retrata a cidade de Olinda. O imóvel, da prefeitura, abrigou a RioArte nos anos 1980 e atualmente está cedido à ONU-Habitat, um braço da Organização das Nações Unidas. Como a casa carece de reformas, pode ser devolvida para a realização de obras. O painel, no entanto, está em boas condições.

Documentário aborda desmonte do Morro do castelo em 1905

Rio está atrás de 558 cidades em ranking de desenvolvimento

+ Violência força bar a mudar de endereço

Publicidade

+ Locadora de DVD do Humaitá resiste à onda do streaming

Publicidade