Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Novidades teatrais: Alexandra Richter e Vilma Melo estreiam na web

Monólogos podem ser assistidos de forma gratuita pelo YouTube. Companhia dos Bondrés também tem empreitada digital

Por Marcela Capobianco Atualizado em 6 jul 2021, 16h39 - Publicado em 2 jul 2021, 12h33

A cena teatral on-line segue fortalecida e, neste fim de semana, há novidades que podem ser conferidas de qualquer lugar do mundo, pelo celular ou pela TV com acesso a internet. Confira.

+ Dira Paes: “Ser artista é um ato político”

Minimanual de Qualidade de Vida.

Alexandra Richter em cena
Minimanual de Qualidade de Vida: saúde mental em cartaz ./Divulgação

O segundo monólogo de Alexandra Richter estreou em 2017, bem antes da pandemia chacoalhar as formas convencionais do teatro. Agora, a peça ganhou versão on-line, que pode ser assistida pelo YouTube, de forma gratuita. Existem formas de melhorar a saúde mental? Partindo desse questionamento, Minimanual de Qualidade de Vida conta a história de uma palestrante que oferece dicas de qualidade de vida, mas faz tudo ao contrário do que sugere.

“Ela pula os capítulos de seu minimanual durante a apresentação e é totalmente errada. Daí a graça!”, comenta a atriz. O texto é de Ana Paula Botelho e a direção é de Daniela Ocampo. O espetáculo será disponibilizado às 20h desta sexta (2) e ficará disponível até o dia 2 de agosto no canal da Bradesco Seguros no YouTube.

+ Mostra no IMS celebra fotógrafo que registrou mudanças nos Anos Dourados do Brasil

Mãe de Santo.

Vilma Melo em cena, vivendo uma mãe de santo
Mãe de Santo: quantas vivências cabem numa só? ./Divulgação

Primeira atriz negra vencedora do prêmio Shell, em 2017, Vilma Melo estreia nesta sexta (2), um monólogo on-line cuja intenção é enaltecer o poder de matrigestão que as mães de santo exercem dentro e fora de seus terreiros. O texto foi scrito por Renata Mizrahi a partir de textos e relatos de Helena Theodoro, filósofa e yalorixá.

Continua após a publicidade

+ Irreverentes, influenciadores de favelas entram na mira de grandes marcas

Na história, uma personagem muito empoderada entrelaça histórias ao dar uma palestra internacional. Ela faz uma provocação sobre o que realmente interessa contar e mostrar. O que se espera de uma mulher que nunca foi uma coisa só? Mãe, professora, empregada, mãe de santo, estudante. Quantas histórias cabem em uma única vida?

A direção é do cineasta Luiz Antônio Pilar. A temporada do espetáculo acontece no canal do Sesc Rio no YouTube, de 02 a 25 de julho, sextas, sábados e domingos, sempre às 19h.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Menu Teatral, um cardápio da Cia dos Bondrés: Eram os Poetas Astronautas?

A experiência digital da tradicional trupe teatral sugere um futuro distante, no qual o afeto e a poesia estão em vias de extinção. O resgate de uma Poeta-astronauta pode ser a última oportunidade de regeneração da força da arte. A montagem é dirigida por Fabianna de Mello e Souza e tem no elenco Ariane Hime, Felipe Pedrini, Julia Morales, Juliana Brisson, Nina Rodrigues e Tomaz Nogueira da Gama.

A dramaturgia é formada por quadros teatrais construídos a partir da linguagem das máscaras balinesas. Com um cardápio de cenas propostas, algumas pré-gravadas e outras encenadas ao vivo, o público vai montando sua opção favorita. Ou seja, a cada dia a peça transcorre de uma forma.Os atores gravaram as cenas no teatro Sesc Ginástico vazio, fechado desde março de 2020.

O espetáculo permite a interação do público através do chat do YouTube. As sessões acontecem de sexta a domingo, às 20h, pelo canal do YouTube do Sesc Rio. Até o dia 18 de julho.

Continua após a publicidade
Publicidade