Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Temporada

(Desde 2015)

Tipos de Bares: Bares de praia

Veja Rio

Endereço: Avenida Francisco Bhering, 65 - Hotel Arpoador - Ipanema - Rio de Janeiro - RJ ver no mapa

Telefone: (21) 25230066

Horário:

segunda-feira 07:00 - Último cliente

terça-feira 07:00 - Último cliente

quarta-feira 07:00 - Último cliente

quinta-feira 07:00 - Último cliente

sexta-feira 07:00 - Último cliente

sábado 07:00 - Último cliente

domingo 07:00 - Último cliente

Resenha por Rafael Cavalieri

Referência na orla mais pela vista privilegiada, que se estende da Pedra do Arpoador ao Leblon, o Azul Marinho fechou as portas em 2014. Sob nova direção, o bar no Hotel Arpoador foi reaberto batizado de Temporada. Como o nome já sugeria, funcionaria por um período definido e, depois, seria reformulado. Mas o sucesso foi tanto — prova disso foi o voto recebido na categoria visual do Rio — que a, digamos, temporada foi prorrogada até o fim dos Jogos Olímpicos de 2016. Para celebrar a sobrevida, o chef argentino Christian Garcia reformulou o cardápio. Sucesso, o tartare de atum com chips de batata-baroa e iogurte de wassabi (R$ 45,00) ganhou a companhia de empanada de carne (R$ 7,00) e do fresco tiradito de salmão com agrião e vinagrete de maracujá e shoyu (R$ 42,00). Atração principal, a carta de drinques, formulada pela mixologista do Teto Solar Sandra Mendes, conta com dicas como o bikini kills, reunião de vodca de açaí, licor Chambord e limão-siciliano (R$ 31,00). Na ala das cervejas, entraram em cena rótulos da Mistura Clássica, a exemplo do Amnésia, uma potente imperial IPA (R$ 29,00; 500 mililitros).

Preços checados em outubro de 2015

    Pós-praia

    Com a sobrevida assegurada até o fim dos Jogos Olímpicos de 2016 (o projeto, provisório, caiu nas graças do público), o bar que herdou o ponto do extinto Azul Marinho fica na cara do gol — no caso, a Praia do Arpoador. Novidade recente, as mesinhas do lado de fora, sucesso da empreitada original, voltaram a ocupar o calçadão. Depois de um mergulho, prove a torrada de queijo de cabra com pão rústico de castanha, guaraná e figos (R$ 27,00). Outras criações do chef argentino Christian Garcia, o bolinho de siri, servido com guacamole e molho rosé (R$ 33,00, três unidades) e o pastel de mariscada (R$ 8,00 a unidade) também são boas pedidas. Para bebericar, a caipirinha do chico (R$ 26,00) é feita com vodca, melancia, gengibre e um toque de manjericão, que confere frescor. 

    Preços checados em 5 de janeiro de 2016

    Referência na orla mais pela vista privilegiada, que se estende da Pedra do Arpoador ao Leblon, o Azul Marinho fechou as portas em 2014. Sob nova direção, o bar no Hotel Arpoador foi reaberto batizado de Temporada. Como o nome já sugeria, funcionaria por um período definido e, depois, seria reformulado. Mas o sucesso foi tanto — prova disso foi o voto recebido na categoria visual do Rio — que a, digamos, temporada foi prorrogada até o fim dos Jogos Olímpicos de 2016. Para celebrar a sobrevida, o chef argentino Christian Garcia reformulou o cardápio. Sucesso, o tartare de atum com chips de batata-baroa e iogurte de wassabi (R$ 45,00) ganhou a companhia de empanada de carne (R$ 7,00) e do fresco tiradito de salmão com agrião e vinagrete de maracujá e shoyu (R$ 42,00). Atração principal, a carta de drinques, formulada pela mixologista do Teto Solar Sandra Mendes, conta com dicas como o bikini kills, reunião de vodca de açaí, licor Chambord e limão-siciliano (R$ 31,00). Na ala das cervejas, entraram em cena rótulos da Mistura Clássica, a exemplo do Amnésia, uma potente imperial IPA (R$ 29,00; 500 mililitros).

    Preços checados em outubro de 2015