Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Il Borsalino

Tipos de Restaurantes:

Veja Rio:

Endereço: Avenida Armando Lombardi, 633 - - Barra - Rio de Janeiro - RJ ver no mapa

Site: http://www.borsalino.com.br

Horário:

segunda-feira 19:00 - Último cliente

terça-feira 19:00 - Último cliente

quarta-feira 19:00 - Último cliente

quinta-feira 19:00 - Último cliente

sexta-feira 13:00 - Último cliente

sábado 13:00 - Último cliente

domingo 13:00 - Último cliente

Informações adicionais: Lugares/Capacidade total (220), Levar vinhos (permite) (R$ 0.00)

Resenha por Veja Rio

Fundada pelos irmãos italianos Paolo e Pietro Neroni, a casa ganhou novos sócios em 2012. Depois de um tempo fechada para obras, reabriu no início de 2014 exibindo ambiente e nome novos (chamava-se Borsalino, originalmente). O projeto da arquiteta Patricia Anastassiadis emprestou ao salão um visual mais clean e elegante. Ocupam o espaço mobiliário de madeira clara, uma adega recém-chegada e o belo bar, revestido de ônix, iluminado por dentro. Da decoração antiga ficou o enorme quadro do artista Marcos Sach. A cozinha continua afinada. No abre-alas, a polenta cremosa com molho fughi ao perfume de trufas brancas custa R$ 42,00. Sugestão para depois, o tradicional nhoque caseiro com molho bisque e camarão e tomate (R$ 75,00) é boa sugestão. Prato clássico, o ossobuco com polenta cremosa ao molho funghi perfumado com azeite de trufas brancas sai a R$ 79,00. Na seção de sobremesas, vale dividir o trio borsalino (R$ 35,00), composto de creme brûlé, panacota de laranja e torta de chocolate meio amargo.

    Fundada pelos irmãos italianos Paolo e Pietro Neroni, a casa ganhou novos sócios em 2012. Depois de um tempo fechada para obras, reabriu no início de 2014 exibindo ambiente e nome novos (chamava-se Borsalino, originalmente). O projeto da arquiteta Patricia Anastassiadis emprestou ao salão um visual mais clean e elegante. Ocupam o espaço mobiliário de madeira clara, uma adega recém-chegada e o belo bar, revestido de ônix, iluminado por dentro. Da decoração antiga ficou o enorme quadro do artista Marcos Sach. A cozinha continua afinada. No abre-alas, a polenta cremosa com molho fughi ao perfume de trufas brancas custa R$ 42,00. Sugestão para depois, o tradicional nhoque caseiro com molho bisque e camarão e tomate (R$ 75,00) é boa sugestão. Prato clássico, o ossobuco com polenta cremosa ao molho funghi perfumado com azeite de trufas brancas sai a R$ 79,00. Na seção de sobremesas, vale dividir o trio borsalino (R$ 35,00), composto de creme brûlé, panacota de laranja e torta de chocolate meio amargo.