Clique e assine por apenas 4,90/mês

Cedro do Líbano

(Desde 1948)

Tipos de Restaurantes:

Veja Rio:

Endereço: Rua Senhor dos Passos, 231 - - Centro - Rio de Janeiro - RJ ver no mapa

Telefone: (21) 22240163 / (21) 22219763

Site: http://www.restaurantecedrodolibano.com.br

Horário:

segunda-feira 11:30 - 15:30

terça-feira 11:30 - 15:30

quarta-feira 11:30 - 15:30

quinta-feira 11:30 - 15:30

sexta-feira 11:30 - 15:30

sábado 11:30 - 15:30

domingo - Fechado

Fecha aos feriados

Informações adicionais: Lugares/Capacidade total (80), Levar vinhos (permite) (Gratuito)

Resenha por Fabio Codeço

A mais antiga cozinha árabe em funcionamento na cidade preserva seu menu de clássicos. Fundado pelo libanês Narciso Mansur, no coração do Saara, o ponto de ambiente simples era destino de imigrantes árabes e judeus. Nos anos 50, foi comprado por um espanhol e um português e hoje é dirigido pela filha do primeiro, Licia Dominguez. São sucessos desde o início a esfiha aberta, de carne ou ricota (R$ 9,00 cada pedido), o generoso quibe frito (R$ 13,00) e o quibe de bandeja (R$ 20,00). Na ala principal, é possível montar um prato ou acatar sugestões como a picanha grelhada de cordeiro com mjadra, típico arroz com lentilha e cebola frita (R$ 96,00). Mais em conta, a cafta bovina no espeto (R$ 24,00) combina bem com o cuscuz marroquino (R$ 27,00). Na sobremesa, a bog mog (R$ 18,00), torta de massa amanteigada recheada de nozes e castanha-de-caju picadas, coberta com creme de damascos doces, é imperdível. Curiosidade: as calorias de cada prato são anotadas no menu.

Preços checados em julho de 2017.

    A mais antiga cozinha árabe em funcionamento na cidade preserva seu menu de clássicos. Fundado pelo libanês Narciso Mansur, no coração do Saara, o ponto de ambiente simples era destino de imigrantes árabes e judeus. Nos anos 50, foi comprado por um espanhol e um português e hoje é dirigido pela filha do primeiro, Licia Dominguez. São sucessos desde o início a esfiha aberta, de carne ou ricota (R$ 9,00 cada pedido), o generoso quibe frito (R$ 13,00) e o quibe de bandeja (R$ 20,00). Na ala principal, é possível montar um prato ou acatar sugestões como a picanha grelhada de cordeiro com mjadra, típico arroz com lentilha e cebola frita (R$ 96,00). Mais em conta, a cafta bovina no espeto (R$ 24,00) combina bem com o cuscuz marroquino (R$ 27,00). Na sobremesa, a bog mog (R$ 18,00), torta de massa amanteigada recheada de nozes e castanha-de-caju picadas, coberta com creme de damascos doces, é imperdível. Curiosidade: as calorias de cada prato são anotadas no menu.

    Preços checados em julho de 2017.