Museu de Belas Artes recebe 48 obras que estavam em Brasília

Além das pinturas, desenhos, estudos e porcelanas, há também esculturas e mobiliários do século 18 e 19

Devido ao encerramento do contrato de comodato, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) autorizou a devolução de trabalhos de Cândido Portinari, Djanira da Mota, Alberto da Veiga Guignard, Arcângelo Ianelli, Eliseu Visconti, Maria Leontina, Rodolfo Amoedo e Henri Nicolas Vinet ao Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro (MnBA). As obras estavam na Biblioteca do Alvorada, no Palácio do Planalto, em Brasília. Além das pinturas, desenhos, estudos e porcelanas, há também esculturas e mobiliários do século 18 e 19, levados para a capital em momentos distintos a partir de 1950. 

+ Cinquenta programas para curtir o verão carioca

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s