Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Peça on-line infantil traz atores do Buraco Show e cenários de Rosa Magalhães

O texto do espetáculo foi escrito na década de 50, pela mãe da carnavalesca. Sessões gratuitas acontecem pelo YouTube

Por Marcela Capobianco Atualizado em 26 mar 2021, 14h22 - Publicado em 26 mar 2021, 14h21

Acostumados a performances hilárias e inspiradas, os atores do coletivo Buraco Show (que em tempos de aglomerações liberadas lotavam o extinto Buraco da Lacraia, na Lapa) têm um novo desafio: atuar numa peça infantil on-line.

+ Farra dos Brinquedos lança álbum visual gratuito

O projeto, que estreia neste sábado (27), gratuitamente, pelo YouTube, foi idealizado pela carnavalesca Rosa Magalhães, que escolheu um espetáculo escrito por sua mãe, Lucia Benedetti (1914-1998), em 1952. À época, a peça Joãozinho Anda Para Trás ganhou o Prêmio Jorge de Lima de Teatro Infantil, no Rio de Janeiro.

Para a direção, Rosa convocou Gilberto Gawronski que, por sua vez, convidou atores do coletivo Buraco Show para interpretar os cinco personagens e o narrador da história.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

A peça se passa nas terras do Rei Joãozinho, que desaprendeu a andar para frente, por causa de uma doença. O conselheiro do monarca decreta, então, que todos os habitantes do reino passem a andar para trás. Com o passar do tempo, a população local se esquece de como era andar para frente. Apenas o sapateiro real desafiava a proibição. Um dia, o conselheiro, mancomunado com a vizinha, a Rainha das Sete Lagoas, idealiza um plano para matar o rei Joãozinho, se casar com a rainha e assumir o trono. Ele só não contava com a determinação do sapateiro real, que decide fazer o impossível para alertar sua majestade sobre o perigo.

+ Ovos de Páscoa com alta concentração de cacau são tendência

No elenco estão Eber Inácio, Hugo Germano, Letícia Guimarães, Marcelo Souza e Sidnei Oliveira. Luis Lobianco é o narrador em off, papel criado por Gawronski. Um samba nupcial inédito foi gravado pela atriz e cantora Simone Mazzer.

+ Mimo Festival ganha versão on-line

Rosa Magalhães assina cenário e figurinos, todos inéditos, com estética que lembra a folia, em que quase todas as cores foram usadas, com exceção do verde, por causa do chroma key. O videografismo é assinado por Batman Zavareze. A carnavalesca também confeccionou máscaras para todos os atores, com bocas pintadas.

37 minutos. Classificação: 4 anos. Sábados e domingos, 11h. Grátis. Acesso pela Sympla. Até 4 de abril.

Continua após a publicidade
Publicidade