Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Para ler em família: cinco livros que abordam o protagonismo feminino

Seleção reúne lendas ancestrais africanas, perfis de mulheres que contribuíram para a evolução do planeta e ficções inspiradoras

Por Marcela Capobianco Atualizado em 5 mar 2021, 18h18 - Publicado em 5 mar 2021, 18h17

A ideia de uma celebração para marcar a luta das mulheres foi construída a partir de manifestações que ocorreram tanto nos Estados Unidos quanto na Europa, no final do século XIX e início do século XX.

+ Cinco curiosidades sobre o filme Raya e o Último Dragão

Atualmente comemorado no dia 8 de março no mundo todo, este dia incentiva o debate a favor dos direitos das mulheres, que já conquistaram muita coisa, mas ainda têm um longo caminho na busca pela equidade e paridade de salários.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Para criar crianças que acreditem na igualdade entre os gêneros – e lutem por ela – é necessário que desde cedo isso seja falado em casa. A seguir, alguns livros para introduzir o tema em rodas de leitura caseiras. A seleção dos títulos foi feita pelas professoras do CEAT Edith Lacerda, Marlene Araújo e Ninfa Parreiras.

Contos Ancestrais de Mulheres Valentes – Susana Ventura.

capa do livro mulheres valentes
Mulheres Valentes: leitura inspiradora para pais e filhos Editora Quase Oito/Divulgação

Vencedora do Prêmio Jabuti em 2017, a autora traz neste livro recontos de histórias populares com protagonismo feminino. As narrativas ancestrais, recolhidas no continente africano, apresentam a valentia das mulheres, que raramente é mostrada nos livros. Editora Quase Oito.

+ Três atividades radicais pra garotada gastar energia no Rio

Continua após a publicidade

Três Mocinhas Elegantes – Cristina Villaça.

capa do livro tres mocinhas elegantes
Três Mocinhas: a homofobia sob o olhar das crianças Editora Zit/Divulgação

A menina Cuca tem duas mães e não tem pais. Por conta disso, ela percebe olhares enviesados dos vizinhos para sua família. Ninguém quer se aproximar delas, e apenas um casal de idosos acolhe as três mocinhas elegantes. Aos poucos, gestos solidários das mães de Cuca fazem com que os vizinhos mudem de opinião. Editora Zit.

Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes – Elena Favilli.

capa do livro Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes
Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes: trajetórias inspiradoras de Frida Kahlo, Maria Callas e outras mulheres que quebraram barreiras VR Editora/Divulgação

Já imaginou histórias reunidas sobre a vida de cem mulheres extraordinárias? Aqui, passado e presente dão as mãos e falam pelas mulheres: de Frida Kahlo, a Elizabeth I, até as trajetórias de atletas como Serena Williams e Maya Gabeira. Todas as narrativas são ilustradas por artistas de diversas partes do mundo. VR Editora.

+ Programinha Carioca: será que as crianças curtem hospedagens na própria cidade?

As Lendas de Dandara – Jarid Arraes.

Capa do livro as lendas de dandara
Dandara: a perspectiva feminina da luta empreendida no quilombo dos Palmares Cultura Editora/Divulgação

Dandara dos Palmares, guerreira e companheira de Zumbi, lutou à frente das formações de palmarinos pela dignidade e justiça para sua comunidade escravizada. O livro é uma narrativa que conquista o leitor ao contar uma história nossa que nunca foi bem contada. Editora Cultura.

As Cientistas: 50 Mulheres que mudaram o Mundo – Raquel Ignotofsky

Capa do livro As cientistas
As Cientistas: em tempos de pandemia, leitura mais que necessária Editora Blucher/Divulgação

A obra é ilustrada com narrativas de mulheres que contribuíram para os campos da ciência, tecnologia, engenharia, matemática e outras áreas afins. Da idade antiga ao mundo contemporâneo, há perfis de figuras consagradas e de outras menos conhecidas. Uma ótima leitura para pesquisas e deleite de toda a família. Editora Blucher.

Continua após a publicidade
Publicidade