Clique e assine por apenas 4,90/mês

William Bonner diz que filho sofreu estelionato: “Auxílio no nome dele”

Apresentador do Jornal Nacional usou o Twitter para denunciar fraude e cobrar apuração por parte dos gestores do dinheiro público

Por Marcela Capobianco - Atualizado em 21 Maio 2020, 11h46 - Publicado em 21 Maio 2020, 11h42

O apresentador do Jornal Nacional, da TV Globo, William Bonner usou o Twitter para esclarecer que seu filho, Vinicius Bonemer, de 22 anos, vem sendo vítima de seguidos golpes de estelionato, há três anos.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

De acordo com o jornalista, recentemente, o CPF do jovem teria sido usado para pedir o auxílio emergencial do Governo Federal por conta da pandemia do novo coronavírus. O valor de 600 reais não poderia ter sido aprovado para uma pessoal com as condições socioeconômicas do filho de Bonner e Fátima Bernardes, mas, segundo o apresentador do JN, a requisição feita por um fraudador foi aprovada.

+ Saiba quem tem direito ao auxílio emergencial do Governo

Bonner questionou os métodos do Governo Federal para a liberação da quantia. “Quantos entre esses realmente fraudaram o programa? Meu filho não fraudou, é vítima e pode provar. Não se zelou pela aplicação do dinheiro público? Quem protege os cofres públicos da ação de estelionatários ou de pessoas mal intencionadas?”, tuitou.

Continua após a publicidade

+ Concessionárias de transporte do Rio estão à beira de um colapso

Ele afirmou ainda que a família vai apresentar uma nova queixa-crime na polícia. “Da parte dos gestores do auxílio emergencial, esperamos apuração rápida da fraude, para que se resguardem o patrimônio público e a confiança dos cidadãos nos mecanismos de controle desse programa”, conclui Bonner.

+ Prefeitura deixa de divulgar número de mortes por Covid-19

 

Publicidade