Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Covid-19: nove cidades do Rio registram lotação máxima nas UTIs

No capital, 94% dos leitos estão ocupados. A taxa média do estado é de 81.4% nas UTIs, e de 62,4% nas enfermarias

Por Da Redação 17 mar 2021, 13h04

Na noite desta terça (16), nove municípios do estado do Rio atingiram lotação de 100% nas UTIs para pacientes infectados com o coronavírus, segundo o Painel da Covid-19 da Secretaria Estadual de Saúde. Em outras oito cidades, incluindo a capital, o índice passa dos 90%.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

A taxa média de ocupação no hospitais do estado é de 81.4% nas UTIs, e de 62,4% nas enfermarias. Já na lista de espera, houve o aumento de 35% – de 171 para 231 pessoas que aguardam um leito.

+ Covid-19: calendário de vacinação é retomado no Rio

Os municípios com nível máximo atingido são: Bom Jesus do Itabapoana, Itaperuna, Miguel Pereira, Miracema, Paraíba do Sul, São João da Barra, Sapucaia, Seropédica e Teresópolis. Em seguida, estão as cidades: Rio de Janeiro (94%), Duque de Caxias (94%), Petrópolis (93%), Rio das Ostras (91%), Quissamã (91%) e Vassouras (90%), Cordeiro (90%) e Nova Friburgo (90%).

+ Covid-19: ocupação de UTIs na rede privada do Rio sobe para 80%

Na capital, atualmente 1 110 pessoas estão internadas por Covid-19. Diante a alta a taxa de ocupação, a Secretaria Municipal de Saúde do Rio afirma que pretende abrir 100 novos leitos até o fim desta semana.

Continua após a publicidade
Publicidade