Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Vinoteca Por Marcelo Copello, jornalista e especialista em vinhos Marcelo Copello dá dicas sobre vinhos

Venda de espumantes dispara

Por Marcelo Copello A OIV divulgou recentemente números animadores para o Brasil. Cresce o mercado mundial de espumantes, principal produto de nossa indústria de vinhos. Segundo os números mais recentes (de 2013), no que diz respeito ao consumo, na última década (2003-2013), enquanto o mercado de vinhos em geral cresceu 4%, os espumantes cresceram 30%! […]

Por marcelo Atualizado em 25 fev 2017, 18h06 - Publicado em 13 Maio 2015, 14h17

Por Marcelo Copello

A OIV divulgou recentemente números animadores para o Brasil. Cresce o mercado mundial de espumantes, principal produto de nossa indústria de vinhos.

MC shutterstock_116931874

Segundo os números mais recentes (de 2013), no que diz respeito ao consumo, na última década (2003-2013), enquanto o mercado de vinhos em geral cresceu 4%, os espumantes cresceram 30%!

Em 2013 a produção mundial de espumantes no mundo chegou a 1,76 bilhões de litros, 11% mais que em 2012 e 40% mais em 2003. A fatia de espumantes no total de vinhos também subiu, de 4% em 2000 para 7% em 2013.

Veja o ranking da produção de espumantes em milhões de litros

1º-França………..350

2º-Itália…………..320

Continua após a publicidade

3º-Alamanha…… 60

4º-Espanha……..180

Embora o Brasil esteja longe dos líderes mundiais em volume de espumantes, fomos um dos países que mais cresceu no mundo na produção de borbulhas na última década, com 248%. Em 2014 foram comercializados 16,7 milhões de litros de espumante brasileiro no mercado interno e nossa exportação de espumantes subiu 127% em valor.

A Copa do Mundo no Brasil ajudou, pois chamou a atenção do consumidor estrangeiro para nossos produtos, incrementando a venda de vinhos. Os principais destinos destas exportações foram Reino Unido, Bélgica, Paraguai, Países Baixos (Holanda) e Alemanha.

Se os números de 2014 foram animadores, os de 2015 apontam para um resultado ainda melhor. Em janeiro e fevereiro a venda de espumantes no mercado interno cresceu 15% em relação ao ano passado, e dentro da categoria dos espumantes, os moscatéis se destacaram, com um aumento de 31%.

Enquanto 2015 caminha bem, 2016 e as Olimpíadas se aproximam e esperamos que o “efeito Copa do Mundo” se repita, impulsionando nossas exportações. Esperamos que o consumidor estrangeiro experimente nossos vinhos por curiosidade, se encante com a qualidade e se torne um consumidor fiel.

Um brinde, com espumante brasileiro!

Marcelo Copello (mcopello@bacomultimidia.com.br)

Continua após a publicidade

Publicidade