Imagem Blog

Vinoteca

Por Marcelo Copello, jornalista e especialista em vinhos Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Marcelo Copello dá dicas sobre vinhos
Continua após publicidade

Sauternes, para beber de joelhos

O vinho doce mais famoso e imitado do mundo é o Sauternes, da região francesa de Bordeaux. A razão deste sucesso se chama Botrytis Cinerea, um fungo que ataca os cachos de uva apodrecendo-os. Esta podridão é, contudo, benigna, conhecida como “podridão nobre”. O fungo faz  micro furos na casca da uva secando-a e concentrando açúcar, aromas e sabores. Ao […]

Por marcelo
Atualizado em 25 fev 2017, 17h17 - Publicado em 22 nov 2016, 19h32

O vinho doce mais famoso e imitado do mundo é o Sauternes, da região francesa de Bordeaux. A razão deste sucesso se chama Botrytis Cinerea, um fungo que ataca os cachos de uva apodrecendo-os. Esta podridão é, contudo, benigna, conhecida como “podridão nobre”. O fungo faz  micro furos na casca da uva secando-a e concentrando açúcar, aromas e sabores. Ao mesmo tempo o Botrytis Cinerea provoca transformações químicas nas uvas: aumenta o teor de glicerina e pectina.

foto vinho white-wine

O resultado é um vinho luxuriante: dourado, bastante doce, aveludado, concentrado e alcoólico. O fungo Botrytis não pode ser provocado, ele ocorre naturalmente graças ao rio Le Ciron que provoca um excesso de umidade enevoando a região. A colheita só é feita após (e quando) o fungo ataca, o que pode ser em Setembro ou em alguns anos chegando Novembro, com as uvas quase congelando.  O momento ideal para a colheita deve ser escolhido com cuidado, se muito cedo, não haverá o Botrytis, se tarde as uvas apodrecerão ou congelarão. Além disso, a colheita é delfiicada, pois o mesmo cacho pode conter uvas boas e sem fungo, uvas botrytizadas e uvas estragadas. O rendimento é baixíssimo. Em alguns casos uma vinha pode render apenas uma taça de vinho. Os Sauternes são classicados em três níveis. No topo, classificado como Premier Cru Supérieur, apenas um vinho o mítico Château d´Yquem, seguido de 10 Premieri Crus (1er) e 12 Deuxième Crus (2ème). Os melhores Sauternes são vinhos de meditação, para tomar-se de joelhos bem-dizendo a vida.

 

Leia também: A Merlot manda notícias

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.