Imagem Blog

Otavio Furtado Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Otavio Furtado, jornalista especializado em pautas LGBTQIA+
Rio LGBTQIA+
Continua após publicidade

Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência cria camarote na Sapucaí

Objetivo do espaço é levar parceiros que possam apoiar ações da secretaria ao longo do ano

Por otavio_furtado Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 6 fev 2024, 09h19 - Publicado em 6 fev 2024, 07h40

Responsável pelo Espaço Mais Acessível, frisa gratuita no setor 13 exclusiva para PCDs, a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência terá um segundo espaço na Sapucaí este ano. Bem ao lado da área de 650 m2 que recebe o público haverá um camarote para parceiros e influenciadores, com o objetivo de conscientizar a respeito do tema e buscar patrocinadores para ações da SMPD.

Leia também: Tudo sobre acessibilidade no Sambódromo

“O lounge foi pensado para darmos atenção aos nossos parceiros sem tirar espaço da área gratuita, o que diminuiria o número de pessoas contempladas com a entrada gratuita. Não seria justo já que o objetivo é dar acesso para PCDs”, explica Helena Werneck, secretária municipal da Pessoa com Deficiência.

Alguns resultados das parcerias da Secretaria já estarão disponíveis inclusive pro público este ano durante o Desfile das Escolas de Samba. As novidades são que, em parceria com a FeComércio, haverá a distribuição de abafadores de ruído para as pessoas com deficiência que possuem sensibilidade sensorial. Também será ofertado o “Cantinho da Descompressão”, um espaço para reduzir os impactos da estimulação sensorial, como luz e som alto para as pessoas que possuem Transtorno do Processamento Sensorial, como as pessoas autistas.

Continua após a publicidade

Ainda, em parceria com a MultiRio foram lançados os vídeos dos sambas-enredo das 12 escolas do Grupo Especial em Libras. Em menos de 10 dias no ar já foram registradas mais de 267 mil visualizações. “Essas parcerias já deram certo nos últimos anos, com as pessoas se sentindo ainda mais acolhidas, e estamos melhorando cada vez mais”, explica a secretária.

Mas o objetivo do espaço também é conscientizar as empresas sobre a importância da inclusão e buscar novas parcerias para outras ações que a SMPD desenvolve ao longo do ano. “Nosso trabalho é de reabilitação social e feito de forma transversal com todas as outras secretarias e com a iniciativa privada”, finaliza.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.