Imagem Blog

Otavio Furtado

Por Otavio Furtado, jornalista e consultor de diversidade & inclusão Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Continua após publicidade

Galba Gogoia celebra estreia em Renascer

Atriz estreia em telenovelas como personagem amiga de Buba

Por otavio_furtado Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 15 abr 2024, 21h25 - Publicado em 15 abr 2024, 08h19

Nos capítulos do último fim de semana três novas personagens chegaram em Renascer. Entre as amigas de Buba (Gabriela Medeiros) que chegam a trama está Natasha, interpretada por Galba Gogoia, que faz sua estreia em telenovelas.

“Nasci no sertão e Pernambuco e minha família não tinha acesso a outra coisa além de TV aberta. Então o meu mundo era a televisão. Ainda estou elaborando (sobre estrear em uma telenovela). Por mais que já tenho feito outros trabalhos como atriz em séries, estamos falando de uma novela das 21h, que a gente sabe o quanto é poderoso”, celebra a atriz.

Percebendo que não conseguiria seguir seu sonho de trabalhar com arte onde vivia, inclusive pela relação com o pai que a proibia de fazer teatro na escola, Galba se mudou para o Rio com 15 anos graças a um projeto do SESC RJ, que levava alunos de todos os estados do país para estudar e morar dentro da escola. “Eu passava todos os dias das minhas aulas eletivas estudando teatro. Além disso lá dentro tinha um teatro com programação toda semana, então pude também assistir muita coisa”, lembra sobre como iniciou sua vida nas artes.

Galba Gogoia faz amiga de Buba em Renascer
Galba Gogoia celebra núcleo em Renascer com três atrizes trans (Divulgação/Divulgação)

Travesti e ativista dos direitos LGBTQIA+, Natasha celebra o espaço na trama para as novas personagens. “Não recordo de ter visto em outra novela um núcleo de pessoas trans. Os lugares estão meio que abertos para a diversidade, mas quando tem uma pessoa trans parece que já cumpriram a missão”, comenta. Gogoia destaca a escalação de três atrizes trans para esse núcleo de Renascer: “Como atriz trans só somos chamadas quando há uma personagem trans. Se essa é a única chance que nos dão de mostrar nosso talento, usurpar esse lugar e colocar uma atriz cis é nos deixar ainda mais de fora”.

A atriz ainda enfatiza a importância do núcleo mostrar uma personagem trans com amigas de diferentes personalidades que “não ficam ali só falando que são trans”. Essa humanização de personagens trans também foi celebrada por Gabriela Loran, que, assim como Galba, entrou na trama ontem, em entrevista para a Veja Rio.

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.