Imagem Blog

Otavio Furtado Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Otavio Furtado, jornalista especializado em pautas LGBTQIA+
Rio LGBTQIA+
Continua após publicidade

Ensaio da Tribo Q aquece para o carnaval

Evento acontece neste domingo (04/02), junto com o último Ensaio Técnico das Escolas de Samba

Por otavio_furtado Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
1 fev 2024, 07h09

Um aquecimento para o Candybox, primeiro camarote gay da Sapucaí, e uma oportunidade de incluir mais pessoas na experiência de assistir as escolas de samba com o conforto de um espaço vip na Sapucaí. É com esse pensamento que neste domingo (04/02), a partir das 18h, acontece o Ensaio da Tribo Q na Sapucaí, dentro do camarote Folia Tropical. Os ingressos estão sendo vendidos online e custam a partir de R$ 60.

Leia também: Os melhores camarotes na Sapucaí

“A gente sabe que o preço do Candybox é mais caro, por isso criamos o ensaio como uma forma de mais gente ter acesso ao show e a experiência no camarote”, destaca Beni Falcone, vocalista e sócio da Tribo Q.

Para ter um custo mais acessível o evento, diferente do dia de desfile oficial, não conta com serviço open bar e open food, mas há opções para o público consumir no local. Além do show da Tribo Q e DJs da comunidade LGBTQIA+ comandando a festa, os foliões terão a oportunidade de assistir aos testes de luz e som da Sapucaí e os Ensaios Técnicos da Mangueira, Viradouro e Imperatriz, atual campeã do carnaval carioca.

“O show desse ano é uma grande celebração da força e da potência da comunidade LGBTQIA+. Vai ter muita mistura, uma colcha de retalhos que estou juntando nomes de todas as épocas. Por exemplo eu misturo Rihanna com Marina Lima”, adiantou Beni.

Continua após a publicidade
Ensaio da Tribo Q na Sapucaí
Beni Falcone revela o que está preparando para os shows de Carnaval (Gustavo Bresciani/Divulgação)

Leia também: Agenda do carnaval gay do Rio

Ele promete que a apresentação do domingo será base do que mostrará no Candybox, na sexta de carnaval (9/02), e no Bloco de Rua na quarta-feira de cinzas (14/02), embora garanta que algumas poucas surpresas ficarão guardadas para os shows principais.

Sobre a apresentação gratuita no Circuito Oficial dos Blocos de Rua do Rio de Janeiro o cantor nos falou que estão no final do processo para colocar o bloco na rua. “Esta apresentação é mais uma ação institucional da Tribo Q em que queremos democratizar o acesso ao show. A gente faz porque ama carnaval e ama o público, não temos retorno financeiro. Pra isso é fundamental que as empresas apoiem os blocos de rua, especialmente os LGBTQIA+ que estão sumindo”, finaliza.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.