Imagem Blog

Otavio Furtado

Por Otavio Furtado, jornalista e consultor de diversidade & inclusão Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Continua após publicidade

Em decisão histórica, CNJ reconhece retificação de nome de advogada trans

Decisão foi provocada após denúncia da OAB-RJ sobre a necessidade de modificação no Processo Judicial Eletrônico

Por otavio_furtado Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 8 mar 2024, 19h59 - Publicado em 8 mar 2024, 07h55

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção do Estado do Rio de Janeiro (OAB-RJ) conseguiu um fato de importante relevância junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Trata-se da decisão histórica da retificação do nome de uma advogada transexual no Processo Judicial Eletrônico.

Através da Comissão de Prerrogativas de Diversidade Sexual da OAB-RJ o CNJ foi acionado sobre o imbróglio judicial envolvendo a advogada trans Maria Eduarda Aguiar. A denúncia era sobre o não reconhecimento do nome retificado da advogada no PJe, mesmo após a alteração em todos os documentos físicos e no sistema do governo federal (Gov.com), que já reconhece sua identidade feminina.

O pedido de providências ressalta que, diante da alteração do registro civil, é direito da advogada ser identificada apenas com o nome referente ao gênero com o qual se identifica. O documento enfatiza que a advogada está inscrita no Cadastro Nacional dos Advogados (CNA) com o nome escolhido após a alteração do registro, e, portanto, não há razões para ser identificada com o nome anterior nos sistemas judiciários.

O CNJ editou o Provimento 73/2018, garantindo a retificação civil de nome e gênero em cartório para evitar humilhações e constrangimentos. “Eu, como mulher trans que obteve o primeiro reconhecimento de nome social da OAB-RJ, ter participado de uma ação coletiva envolvendo o IAB, a OAB e o CNJ no momento da presidência do ministro Luís Roberto Barroso, que sempre abraçou as causas dos grupos vulnerabilizados, é um marco para firmar a dignidade das pessoas trans”, celebrou Maria Eduarda Aguiar.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.