Imagem Blog

Juju na Trip

Por Blog
Uma família de cariocas vivendo o que há de melhor na vida, e compartilhando todas as dicas por aqui. Acompanhem!
Continua após publicidade

De praias paradisíacas a vilarejos históricos: 7 motivos para ir a Puglia

Boa comida, gente acolhedora e muito mais te esperam nessa viagem

Por Blog Juju na Trip Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 30 out 2023, 22h39 - Publicado em 30 out 2023, 19h07

A Puglia reúne praias paradisíacas em tons de turquesa berrante, vilarejos históricos, gente acolhedora e boa comida. É mais nova nova pérola italiana, e promete manter seu lugar ao sol por um bom tempo nos roteiros de viagem. Isso porque, além de linda, os preços por lá ainda não inflacionaram, pelo menos comparando com outros destinos semelhantes da Grécia e da própria Itália.

É tanta beleza junta que, mesmo em julho, mês de altíssima estação e com gente saindo pela tampa, eu me deslumbrei com a Puglia.

Dito isso, separei sete motivos para você ir à Puglia nas suas próximas férias pelo verão europeu.

Torre Sant'Andrea, na Puglia
Torre Sant’Andrea, na Puglia (Juju na Trip/Veja Rio)

Mas antes, aqui vai a dica de milhões: como organizar sua viagem pela Puglia e onde se hospedar:

Você pode dividir sua base entre Otranto e Polignano al Mare.

  • Otranto é banhado pelo mar Adriático e é a região com as praias mais lindas. Aqui, você pode ficar na Casa Borgo, que acomoda até seis pessoas, tem ar-condicionado e cozinha completa. Ou em hotéis como o Bellavista  e Palazzo Papaleo.
  • Polignano a Mare não tem as praias mais lindas (aqui a água costuma ser mais mexida e escura), entretanto é essa a região que tem os vilarejos mais interessantes, como Alberobelo e Locorotondo. Nessa região, se quiser um hotel no centro histórico, recomendo Sei Stelle Mama, Incetro Domus, e o Hotel Grotta Palezze. Já as melhores masserias em Polignano são  Borgobianco Resort & Spa e Masseria Auraterrae.
Melhores hoteis em Otranto: Palazzo Papaleo
Melhores hotéis em Otranto: Palazzo Papaleo (Palazzo Papaleo/Veja Rio)

Agora vamos às 7 experiências e lugares imperdíveis na Puglia.

Continua após a publicidade

1) Se hospedar em uma autêntica masseria

Masserias são hospedagens luxuosas cercadas por videiras e oliveiras centenárias, e que funcionam em antigas fazendas. Em muitas  delas, além da experiência da hospedagem, é possível  participar de almoços em mesas montadas ao ar livre e beber bons vinhos produzidos na propriedade.

borgo egnaza
borgo egnaza (borgo egnaza/Veja Rio)

Uma das masserias mais sensacionais da Puglia é o Borgo Egnaza, na região de Fasano. Rodeada por oliveiras seculares e às margens do Mar Adriático, Borgo Egnazia se destaca por seu estilo arquitetônico majestoso. Oferece acomodações que variam de quartos e suítes a casas e vilas. Além disso, oferece uma gastronomia premiada.

borgo egnaza
borgo egnaza (borgo egnaza/Veja Rio)
borgo egnaza
borgo egnaza (borgo egnaza/Veja Rio)
suite borgo egnaza
A suite do borgo egnaza (Borgo Egnaza/Veja Rio)

Já na região de Otranto, a Masseria Muzza é a melhor. Ocupa uma propriedade do século XVII que se estende por dois hectares com plantações de oliva e outros produtos agrícolas. A sede, um luxuoso prédio histórico de paredes brancas, garante aquele cenário cinematográfico dos filmes italianos. Os hóspedes ainda podem desfrutar do Beach Club da masseria, localizado em uma praia de águas cristalinas.

Masseria Muzza
Masseria Muzza (masseria Muzza/Veja Rio)
masseria Muzza
A suíte da Masseria Muzza (masseria Muzza/Veja Rio)

2) Conhecer Otranto

Otranto é uma joia. Na cidadela medieval murada sobre o mar, um labirinto de ruelas esconde edificações da era romana e renascentista, além de ateliês, sorveterias e lojas de produtos locais. Em cada fim de tarde dourado, restaurantes debruçados sobre o mar convidam os turistas para tomar um drinque e relaxar.

Otranto ao cair da tarde
Otranto ao cair da tarde (Juju na Trip/Veja Rio)

Fora isso tudo, Otranto tem uma vibração de vida local. Visitantes e moradores se misturam, e a gente se sente num lugar que não foi criado para turistas. Sem falar que as praias dessa região são, de longe, as mais lindas. O litoral é recortado por falésias brancas que se debruçam sobre um mar sempre calmo e turquesa.

Continua após a publicidade
ruas de Otranto
ruas de Otranto (Juju na Trip/Veja Rio)

3) Torre Sant’Andrea

Torre Sant’Andrea é uma dessas praias impressionantes da região de Otranto. Fica a cerca de 10 km do centro da cidade, tem águas cristalinas e é pontilhada por formações rochosas esculpidas pelo mar ao longo dos anos. Como a maior parte das praias dessa localidade, Torre Sant’Andrea não tem areia, e sim rochas onde é possível esticar cangas e armar cadeiras.

O acesso à praia é fácil, e há estacionamento público no local.

Praia de Sant'Andrea
Praia de Sant’Andrea (Juju na Trip/Veja Rio)
a praia vista do alto
a praia vista do alto (juju na trip/Veja Rio)

4) Passar um dia em Lecce

Lecce é conhecida como a “Florença do Sul” por conta do seu estilo barroco, caracterizado por edifícios ricamente ornamentados e igrejas extravagantes esculpidas em “pietra leccese,” uma pedra calcária local.

Localizada a 42 quilômetros de distância de Otranto, tem uma história rica, tendo sido influenciada e colonizada por romanos, bizantinos, normandos e espanhóis, e carrega vestígios de todas essas épocas em sua arquitetura e cultura.

lecce puglia
Lecce: arquitetura barroca deu à cidade o apelido de Florença do Sul (Juju na Trip/Veja Rio)

No seu roteiro por Lecce, visite a Praça do Duomo, onde ficam a majestosa Catedral de Lecce, o Palácio Episcopal e o Campanário do Relógio. Outro ponto obrigatório é o Anfiteatro Romano, datado do século II d.C.

Continua após a publicidade
A praça de Lecce
A praça de Lecce (Juju na Trip/Veja Rio)

5) Relaxar em Torre dell’Orso

Mais uma cartão-postal da Puglia, Torre dell’Orso é uma praia de areia desenhadas por falésias, com um beach club animado (os chamados Lidos). Tem água cristalina e turquesa.

Porém, para mim – que não sou chegada em beach clubs – a cereja do bolo fica no canto direito da praia. É ali que estão as chamadas Due Sorelles (um equivalente ao nosso Morro Dois Irmãos, em Noronha) e, à sua frente, uma pequena prainha escondida entre as rochas (para chegar, basta atravessar pelo mar até o outro lado da falésia, com água sempre pela cintura).

Torre dell'Orso com as Due Sorelle e a baia escondida entre as falésias
Torre dell’Orso com as Due Sorelle e a baia escondida entre as falésias (juju na trip/Veja Rio)

Alberobello

Alberobello é famosa por seus trulli, que são casas tradicionais construídas com telhados cônicos de pedra seca, semelhantes a iglus. A cidade é reconhecida como Patrimônio Mundial da Unesco devido à sua arquitetura única. Como a cidade é pequena e conta com menos de uma dúzia de ruas, uma manhã basta para esse passeio.

Aproveite ainda para conhecer a Igreja de Santo Antônio. É uma construção recente, de 1927, mas segue o formato de “trulli” e é bem interessante.

alberobello
alberobello (Juju na Trip/Veja Rio)
alberobello
alberobello (juju na trip/Veja Rio)

7) Explorar Polignano a Mare

Polignano é a mais festejada e badalada cidade de toda a Puglia. Perder-se pelas ruas da cidade é uma delícia. Mas não deixe de colocar no trajeto alguns pontos obrigatórios e belíssimos de Polignano. O primeiro deles é o Arco Marchesale,  porta de entrada da cidade velha, erguido em 1530.

Continua após a publicidade

Depois,  siga até a Piazza Vittorio Emanuelle II, que abriga além de vários restaurantes, a catedral de Santa Maria, a Torre do Relógio, como também a melhor gelateria do pedaço, a Lucarelli.

ruas de Polignano
ruas de Polignano (Juju na Trip/Veja Rio)
Polignano a Mare
Polignano a Mare (Juju na Trip/Veja Rio)

Por fim, vá tomar banho de sol na Cala Lama Monachile, a praia de Polignano, que é o mais famoso cartão postal da Puglia.

cala monachile
Cala Monachile (Juju na Trip/Veja Rio)

Para mais dicas de viagem, siga o Juju na Trip no instagram.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.