Imagem Blog

Fabiano Serfaty Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Fabiano M. Serfaty, clínico-geral e endocrinologista, MD, MSc e PhD.
Saúde, Prevenção, Tratamento, Qualidade de vida, Bem-estar, Tecnologia, Inovação médica e inteligência artificial com base em evidências científicas.
Continua após publicidade

Centro Biomédico da Uerj cria área pioneira em Inovação em saúde

Projeto estratégico pioneiro integra inteligência artificial e novas tecnologias aplicadas à saúde para a prática clínica

Por Fabiano Serfaty Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 16 Maio 2024, 19h46 - Publicado em 16 Maio 2024, 16h16

Impulsionada por uma visão inovadora, baseada na nova era que vem despontando e revolucionando a área da saúde, o Centro Biomédico da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), coordenado pelo Professor Dr. Mário Fritsch, por meio da fusão entre a excelência acadêmica e a vanguarda tecnológica, surge com um novo projeto estratégico pioneiro que levará à transformação no cuidado com a saúde. Após ser eleito, no final de 2023, pelas unidades acadêmicas e unidades assistenciais de saúde da Uerj, incluindo o Hospital Universitário Pedro Ernesto, Fritsch assumiu a direção do Centro Biomédico em janeiro deste ano, junto com a nova gestão da universidade, liderada pela professora Gulnar Azevedo como reitora. No seu planejamento para os próximos quatro anos, o Centro Biomédico da Uerj estabeleceu a criação de uma área pioneira de inovação tecnológica em saúde, ao integrar a inteligência artificial e as novas tecnologias aplicadas à saúde para a prática clínica.

A convergência da inteligência artificial (IA) e a prática clínica

O Centro Biomédico da Uerj apresenta uma abordagem inovadora e promissora para aprimorar os cuidados de saúde no Rio de Janeiro. Ao analisar dados médicos complexos através de algoritmos avançados e técnicas de aprendizado de máquina, a IA oferece insights valiosos que podem revolucionar a maneira como os médicos diagnosticam e tratam seus pacientes. Por meio de análises elaboradas, a IA pode identificar padrões sutis nos dados médicos, possibilitando diagnósticos mais precoces e precisos. Estatísticas complexas são empregadas para avaliar a eficácia dos algoritmos em prever diagnósticos com alta precisão, proporcionando uma base sólida para a tomada de decisões clínicas. Além disso, as análises estatísticas são fundamentais para otimizar os planos de tratamento, garantindo que cada paciente receba cuidados personalizados de acordo com suas necessidades individuais. Isso não apenas melhora os resultados clínicos, mas também promove uma abordagem mais humanizada no atendimento aos pacientes, considerando suas particularidades e preferências. Essas análises elaboradas têm o potencial de transformar a experiência de saúde dos cariocas, reduzindo o tempo de espera por diagnósticos e tratamentos eficazes. Ao proporcionar benefícios universais e inclusivos, a integração da IA na prática clínica, o Centro Biomédico da UERJ está moldando a formação de novos profissionais de saúde com a visão de um futuro mais promissor para a saúde na cidade do Rio de Janeiro.

Benefícios universais e inclusivos para a população

A integração da IA na prática clínica traz uma série de benefícios tangíveis para os pacientes e a comunidade carioca. Primeiramente, possibilita diagnósticos mais precoces e precisos, aumentando as chances de sucesso do tratamento e reduzindo o tempo de espera para intervenções médicas críticas. Além disso, tecnologias inovadoras podem personalizar os cuidados de saúde, levando em consideração as características individuais de cada paciente e garantindo um atendimento mais eficaz e humanizado.


Colaboração Interdisciplinar e Impacto Social

O sucesso dessa iniciativa revolucionária é impulsionado pela colaboração entre profissionais de saúde, cientistas da computação, engenheiros e outros especialistas. O Centro Biomédico da Uerj serve como um epicentro para pesquisa na área de inovação, onde mentes brilhantes se unem para desenvolver soluções que transcendem os limites tradicionais da medicina. Além disso, ao possibilitar a melhora nos cuidados de saúde na cidade do Rio de Janeiro, essa iniciativa tem um impacto social significativo, promovendo o bem-estar e a qualidade de vida de toda a comunidade.

Continua após a publicidade

O Futuro da Saúde no Rio de Janeiro

Com uma abordagem visionária e um compromisso inabalável com a excelência, a Uerj está pavimentando o caminho para uma nova era biomédica, onde a tecnologia e a humanidade se encontram para transformar vidas e inspirar esperança. Ao melhorar a prática clínica e elevar o padrão de cuidados de saúde na cidade do Rio de Janeiro, com a formação de excelentes profissionais de saúde, essa iniciativa não apenas beneficia todos os indivíduos, mas também reflete o compromisso da Uerj em promover o bem-estar e o progresso da comunidade. Segundo o Professor Mario Fritsch: “O futuro da saúde no Rio de Janeiro é luminoso, e o Centro Biomédico da Uerj segue no caminho rumo a um amanhã mais saudável e promissor”.  

Nós, os cariocas, agradecemos!

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.